sexta-feira, 21/junho/2024
PUBLICIDADE

Lucas do Rio Verde volta a registrar mais demissões de funcionários no comércio e construção civil

PUBLICIDADE

 As empresas e indústrias em Lucas do Rio Verde encerraram o mês de abril demitindo mais funcionários. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, foram registradas 762 contratações e 858 demissões, resultando em 96 vagas formais a menos (consideradas apenas as com carteiras assinadas).

A construção civil e o comércio foram os principais responsáveis pelo maior número de desempregados no município. O primeiro setor empregou 72 trabalhadores e mandou embora 132, fechando 60 vagas. Em estabalecimentos comerciais houve 278 demissões de funcionários e 219 contratações –   59 demitidos a mais. Também houve queda no setor de serviços, que fechou 13 vagas formais, saldo de 175 admissões e 188 rescisões. A agropecuária admitiu 71 trabalhadores e demitiu 73.

Segundo o Caged, a indústria de transformação obteve o melhor desempenho. Foram 224 contratações e 187 demissões, resultando em 37 empregos a mais. O setor de serviços industriais de utilidade pública registrou 1 admissão e nenhuma rescisão.

Só Notícias apurou que, no primeiro quadrimestre do ano, o saldo na geração de empregos é positivo em Lucas do Rio Verde. Foram 4.737 contratações e 4.020 demissões, resultando na abertura de 717 pessoas empregadas a mais.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Nova Mutum define nova área para pesquisas no agro

A prefeitura outorgará a concessão de terreno público (arrendamento)...

Vendas no comércio varejista em Mato Grosso voltam a aumentar

As vendas no comércio varejista em Mato Grosso tiveram...

Empresas em Diamantino contratam 560 profissionais e em são Nova Mutum 176

Em Diamantino, empresas e indústrias ofertam 560 vagas de...
PUBLICIDADE