Economia

Inadimplência do IPTU de Sorriso já está 10% maior em relação a 2004

A inadimplência no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em Sorriso este ano está sendo ainda maior do que a do ano passado, que ficou em 25%. A última parcela do imposto venceu no dia 20 do mês passado e até agora foram recebidos R$ 1,4 milhão, correspondente a 65% do valor lançado.

A grave crise pela qual passa o município, que tem como base a agricultura e sub-base a extração e beneficiamento de madeira, é um dos fatores que contribuíram para a queda na arrecadação. Isto pode ser notado pelo número de contribuintes que quitaram a primeira parcela em abril, quando foram recebidos R$319.

Já na segunda parcela, em maio, foram recebidos R$85 mil. Na última parcela, vencida em junho, o valor recebido foi na casa de R$187, sendo que nesse total estão incluídos alguns pagamentos que ficaram pendentes da segunda parcela.

Só Notícias apurou que, neste ano, foram emitidos cerca de 27 mil carnês. Cerca de 57% dos contribuintes do município optaram por quitar o IPTU à vista, em parcela única, recebendo assim 20% de desconto. Neste ano, o IPTU de Sorriso não teve reajuste na alíquota