Economia

Cuiabá gera mais 498 vagas de empregos com carteiras assinadas e serviços lideram

O município de Cuiabá teve novo saldo positivo no setor de empregos. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em setembro, as empresas e indústrias abriram 498 vagas a mais, resultado de 6.827 demissões e 6.329 contratações. Em agosto, o resultado voltou a ser positivo ao gerar 731 vagas a mais.

No mês passado, o setor que mais demitiu trabalhadores com carteiras assinadas foi o de serviços com 262 vagas a mais, resultado de 3.421 contratados e 3.159 demitidos. O segundo melhor resultado ocorreu na construção civil ao gerar 124 vagas a mais, com 865 contratos formalizados e 741 encerrados.

A indústria de transformação abriu 107 vagas a mais, resultado de 531 trabalhadores contratados e 424 demitidos.  O comércio abriu 78, saldo de 1.903 admissões e 1.825 demissões.

Por outro lado, o setor de serviços industriais de utilidade pública fechou 42 vaga a mais, resultado de 103 contratos encerrados e 61 formalizados. A agropecuária encerrou 31, saldo de 58 demitidos e 27 contratados.

Com resultado, as empresas e indústrias de todos os segmentos comercias de Cuiabá geraram 2700 novas vagas com carteiras assinadas de janeiro até setembro. Em 12 meses, o saldo 2.288 vagas a mais, resultado de 82.442 contratações e 80.154 demissões gerando.

Conforme Só Notícias já informou,  Nova Mutum teve novo resultado positivo na geração de empregos ao gerar 29 vagas a mais. Lucas do Rio Verde gerou, pelo quinto mês consecutivo, mais empregos com carteiras assinadas, em setembro. Foram criadas 429 vagas a mais.

O município de Sorriso teve em setembro mais um saldo positivo na geração de empregos de 296 vagas de empregos.Sinop teve pelo 8º mês seguido saldo positivo na geração de empregos e no mês passado gerou 114 empregos a mais.

Em todo Mato Grosso foram criadas 2.898 vagas a mais, resultado de 33.726 trabalhadores contratados e 30.828 demitidos.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)