Economia

Conselho debate ações para retomada do setor de turismo em Mato Grosso

O Conselho Estadual de Desenvolvimento do Turismo debateu, esta manhã, com técnicos da secretaria adjunta de Turismo (Seadtur) que apresentaram os programas desenvolvidos e ações para a retomada do setor pós-pandemia da Covid. “O Conselho tem um papel fundamental para o setor, ainda mais neste momento crítico que vivemos. Como pensamos em políticas para o desenvolvimento do turismo no Estado, é importante debater com todos os interessados nesta cadeia que traz tanto para Mato Grosso”, disse César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Cedtur.

A Plataforma Integrada do Turismo, por exemplo, é resultado de uma parceria com a secretaria de Turismo de Minas Gerais e estará no ar em meados de outubro. Será uma ferramenta importante de gestão virtual da oferta turística dos municípios com base na metodologia de inventariação do Ministério do Turismo. Municípios e atrativos turísticos irão inserir as informações que também poderão ser consultadas pelos turistas.

Haverá ainda as rodadas de negócios on-line organizadas pela secretaria adjunta de Turismo e realizadas nos dias 13, 14, 27 e 28 do próximo mês, em uma plataforma desenvolvida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Será a primeira rodada realizada no Brasil. O objetivo é atrair principalmente turistas que vivem no Estado e que buscam ao longo do ano por pacotes turísticos destinados a outras regiões do país ou viagens internacionais.

Os conselheiros aprovaram a reestilização da marca do projeto Mato Grosso para os Mato-grossenses, que trabalha com influenciadores digitais para divulgar os atrativos do Estado. As viagens devem ser retomadas no próximo mês com expedições por Cuiabá e Várzea Grande e, mais tarde, para Chapada dos Guimarães e Lago do Manso. Haverá ainda o lançamento da campanha publicitária “Tudo isso é seu”.

Também foi informado que 527 empresas aderiram ao programa de redução de ICMS para o setor, sendo que 1% desta diferença será destinado ao Fundo Estadual do Turismo .“Durante toda a pandemia discutimos muito com a Secretaria de Estado de Comunicação as estratégias para melhor divulgar as ações, criando formas de enfrentamento para esta crise.  E contamos também com a sensibilidade do governador Mauro Mendes que priorizou estas ações para a retomada da economia do setor do turismo, que é primordial para o Estado”, afirmou Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo do Estado.

 

Redação Só Notícias (foto: assessoria)