Agronotícias

Mato Grosso registra em junho melhor resultado nas exportações de carne

As exportações da carne bovina mato-grossense registrou o melhor resultado do ano, no mês passado, atingindo receita de US$ 95,661 milhões nas vendas internacionais. No acumulado do ano, são US$ 540 milhões provenientes da exportação de carne bovina em seis meses, recorde no comparativo dos últimos três anos. Além disso, a paralisação de dez dias nas exportações não teve impacto relevante para o Estado.

Entre os principais compradores da carne de Mato Grosso, Irã lidera o ranking do primeiro semestre com a compra de US$ 77,657 milhões, seguidos de Hong Kong que comprou o equivalente a US$ 76,962 milhões e China com US$ 61,711 milhões. Em volume, Mato Grosso comercializou 141 mil toneladas de carne bovina no primeiro semestre e junho fechou com o embarque de 24,313 mil toneladas.

De acordo com análise do Instituto Mato-Grossense da Carne (IMAC), o bom desempenho decorre de alguns fatores internacionais. Um deles é o aquecimento do mercado externo e a crise na oferta de produto impulsionaram as vendas. Para o presidente do IMAC, Guilherme Linares Nolasco, são oportunidades para Mato Grosso fechar parcerias sólidas.

“A crise de oferta no mercado externo começa com o problema climático da Austrália e se agrava com a gripe suína na Ásia, reduzindo a disponibilidade de proteínas. Mato Grosso está pronto para atender as demandas do mercado e precisa trabalhar para se consolidar como fornecedor e ampliar sua presença em países como a China e do Oriente Médio”, afirma Guilherme Nolasco.

O presidente do IMAC destacou ainda o trabalho de aproximação do Instituto com representantes de indústrias, investidores e com governos para ampliar o mercado da carne de Mato Grosso. “Estamos promovendo visitas técnicas aqui e no exterior para aproximar nossas indústrias, produtores e o governo do Estado do mercado internacional. Mostramos a qualidade da nossa produção e nosso potencial”, explica Nolasco.

As informações são da assessoria

Redação Só Notícias (fotos: divulgação/arquivo)