Agronotícias

Demanda interna e externa vem impulsionando preço do milho em Mato Grosso

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária informou, ontem, no boletim semanal que “muitos fundamentos levaram o preço do milho à valorização nos últimos meses em Mato Grosso. Porém, ao contrário de 2016, quando uma quebra de safra ocorreu no Estado e o preço do milho passou dos R$ 36/saca disponível, atualmente a demanda externa e interna aquecida vem impulsionando o preço do cereal a patamares próximos aos percebidos naquela época”, apontam os analistas.

“Além disso, o produtor está confiando numa boa safra, e desde já vem aproveitando as oportunidades de fechamento de contratos futuros a preços acima de R$ 25/saca, o que é um valor recorde para o período. Vale lembrar que o produtor de milho de Mato Grosso deve cultivar a safra mais cara da história, o que deve pressionar sua margem ao final da temporada. Desta forma, apesar da comercialização estar adiantada, os produtores estão aguardando preços ainda melhores para o produto, visto a conjuntura de oferta-demanda estar favorecendo os patamares mais elevados no preço do cereal no estado”, acrescenta o IMEA.

A semeadura de milho no estado de Mato Grosso avançou 16,96 pontos percentuais na última semana, com 38,94% da área esperada para safra 2019/20 já semeada até o último dia 07, número que está 3,91 pontos percentuais acima da média dos últimos cinco anos.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)