SocialNews

Irma de Gugu Liberato emociona com dizeres em missa

No início da noite do último  sábado (7), aconteceu a missa por Gugu Liberato. Familiares e amigos se reuniram em memória do apresentador, que morreu no último dia 22.

Dona Maria do Céu e os filhos, Aparecida Liberato e Amândio, chegaram na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em São Paulo, por volta das 17h10.

A Paróquia foi escolhida para a cerimônia porque, quando era jovem, Gugu foi coroinha do local. De família católica, ainda garoto, Gugu participava das missas ao lado dos parentes. Ele trabalhou como coroinha e ainda montou um grupo de pajens para atuarem nos casamentos quando era necessário.

A pedido da família a missa foi celebrada pelo Padre Osmar Alves Souza, o mesmo que esteve presente no velório e sepultamento do apresentador.

Logo no início da missa, o padre disse: Sua presença neste mundo foi um grande presente que Deus nos ofereceu. Servindo aqui no altar de Deus quando criança, continuou fazendo o bem a tantas pessoas. Até mesmo depois de sua partida, pensou no próximo! Ao nosso querido Augusto Liberato, nossa eterna gratidão.”

A família também preparou um belíssimo texto, que foi lido na ocasião pela irmã do apresentador, Aparecida Liberato. Confira:

Amado Gugu… nosso Toninho,

Só Deus para nos explicar porque tão cedo.Hoje estamos aqui reunidos para relembrar e celebrar a sua vida.

Estamos aqui para agradecer o privilégio de ter vivido ao seu lado.

Agradecer pelo seu olhar sempre amoroso, por seu sorriso um tanto tímido, muito sincero e cheio de amor.

Agradecer pelos encontros em família, pelas longas conversas, pelos abraços apertados, pelo ombro amigo, pelas longas viagens, por tudo…

Nossos corações estão apertados, mas é preciso entender que é chegada a hora de transformarmos nossas lágrimas na certeza que nossas preces e nosso amor chegarão até você como raios de sol.

A vida é feita de partidas e chegadas. De idas e vindas.

Só Deus comanda o nosso tempo e é certo que, na hora exata, todos seguiremos adiante como viajantes rumo a eternidade e ao reencontro.

Jesus nos ensina que a morte não é a última palavra e que o amor misericordioso do Pai nos permite viver em comunhão eterna com Ele.

Dizem que o céu está onde o homem coloca seu coração. Você viveu com o coração pulsando amor e fraternidade. Agora é certo que segue em paz .
Seu tempo ao nosso lado foi curto e a despedida dói demais.

Pedimos a Deus e a Jesus que perdoem nossas lágrimas. Elas nada têm de revolta, são como orvalho de esperança e certeza que a morte é a verdadeira Vida, numa nova edição.

Nos encontraremos todos os dias em nossas orações. Seguiremos unidos e firmes, do jeito que você nos ensinou.

Siga em paz, seja luz!

Ao término da missa, Dona Maria do Céu recebeu o carinho de cada pessoa e ficou muito agradecida pelas palavras de amor.

OFuxico/Terra