SocialNews

Bolsonaro, políticos e amigos lamentam morte de Ricardo Boechat

O jornalismo brasileiro perdeu, hoje, um de seus ícones: Ricardo Boechat. Ele morreu, no final da manhã, em, São Paulo, na queda de um helicóptero quando retornava de Campinas (SP), onde fez palestra Jornalistas, e seguia para a sede da Rede Bandeirantes na capital paulista, onde apresentaria no final da tarde o Jornal da Band.

Artistas e políticos lamentaram a morte do jornalista, de 66 anos,. Em suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro demonstrou seu pesar pela morte do apresentador. O presidente afirmou que sempre teve muito respeito por Boechat.

“É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos! – afirmou o presidente.

Mulher de Ricardo Boechat diz que hoje é “pior dia da minha vida”

O ex-presidente Michel Temer também afirmou que a morte de Boechat representa uma lamentável perda para o jornalismo brasileiro. Nas redes sociais, a colunista do GLOBO, Miriam Leitão demonstrou pesar com a morte do colega e amigo.

– Meu querido amigo Ricardo Boechat. Não posso acreditar. Eu lhe devo tantos favores, tantas palavras generosas em momentos difíceis. Você foi pessoa linda, jornalista maravilhoso. Ai Boechat, tão cedo, tão cedo amigo.

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) também fizeram postagens relacionadas à morte do jornalista. “Boechat era um grande profissional, referência no jornalismo, capaz de conquistar o respeito tanto dos que convergiam quanto dos que divergiam de suas ideias e opiniões”, publicou Carlos.

Em nota, a Presidência da República expressou pesar e condolências e afirmou que o Brasil perde um dos principais da imprensa brasileira.

“Sentiremos a falta de seu destacado trabalho na informação da população, tendo exercido sua atividade por mais de quatro décadas com dedicação e zelo”, afirma o comunicado assinado por Bolsonaro.

O vice-presidente, Hamilton Mourão manifestou seus sentimentos às famílias de Ricardo Boechat e do piloto do helicóptero, aos profissionais da Rede Bandeirantes e a toda a classe jornalística, pelo acidente que vitimou o jornalista e o piloto.

Políticos de todo o espectro político, como os ex-candidatos à Presidência em 2018, João Amoêdo, do Novo, e Marina Silva, da Rede, além da ex-deputada federal Manuela D’Ávila do PCdoB, lamentaram a morte do jornalista. Ambos afirmaram que a morte de Boechat significa uma grande perda para o jornalismo brasileiro.

– Meus sentimentos à família, amigos e colegas. Tive o prazer de ser entrevistado por Ricardo Boechat durante a campanha. O jornalismo brasileiro perde um nome importante – disse Amoêdo.

Um dos principais amigos de Boechat, o comentarista José Simão dividia as manhãs diárias com o jornalista na BandNews FM. Pelo twitter, Simão foi sucinto. “Meu amigo querido! Meu vice amado!”, escreveu ao publicar uma foto do companheiro de bancada.

Âncora do Bom Dia Brasil, Chico Pinheiro também recorreu às redes sociais para dizer que sentirá falta do colega jornalista. “Conheci Boechat quando ele trabalhou no Bom Dia Brasil, no fim da década de 90. Eu participava de São Paulo e ele interagia com o Renato Machado, no RJ. Cheguei a apresentar o jornal com ele no estúdio. Sempre admirei seu trabalho. Sentiremos sua falta. R.I.P”, escreveu.

Contemporâneo de Boechat, o jornalista Alexandre Garcia também se manifestou sobre a perda do amigo. “Boechat um modelo de jornalismo corajoso. Tive a honra de substitui-lo no Bom Dia Brasil, como comentarista,  há duas décadas. Descanse em paz, amigo, com as glórias de ter bem cumprido sua missão.”

O humorista Marcelo Adnet lamentou igualmente a morte do jornalista, pelo twitter. “Meu querido amigo Ricardo Boechat. Não posso acreditar. Eu lhe devo tantos favores, tantas palavras generosas em momentos difíceis. Você foi pessoa linda, jornalista maravilhoso. Ai Boechat, tão cedo, tão cedo amigo.”

A morte brutal do âncora da BandNews também repercutiu em outros veículos de comunicação. A filial brasileira do canal britânico BBC se manifestou pelas redes sociais. “O jornalista Ricardo Boechat morreu na queda do helicóptero que caiu na manhã desta segunda-feira em São Paulo. A informação foi confirmada pelo governo do Estado”

Fernando Collor (Pros-AL), senador: “Lamento o falecimento do jornalista Ricardo Boechat, em acidente no qual também perdeu a vida o piloto do helicóptero. Meu sentimento pesaroso às famílias enlutadas, extensivo à Rede Bandeirantes.”

O apresentador José Luiz Datena reportou o acidente e a morte do colega de emissora. “Ele diria que a vida vale a pena pra caramba, em todos os seus minutos e segundos. Ele sempre usou esse tempo que teve de uma forma honesta.Estou profundamente triste. É como se nós perdessemos um ente querido. Ele era uma pessoa especial. Não era só um jornalista primoroso que vocês costumavam ver, era o cara que saía para jogar bola com os meninos. Ele sempre foi poderoso, mas tinha o poder que poucos poderosos têm. Além do dom da palavra, ele tinha o dom do amor”, afirmou o apresentador. “Já vivi momentos muito dolorosos na minha vida, mas este é um dos piores momentos da minha vida.Até que ponto realmente vale a pena? Até que ponto a vida é legal? Se o Boechat estivesse aqui, ele diria que a vida vale a pena pra caramba.”

Marcos Pontes, ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações: “Perdemos um grande profissional do jornalismo hoje. Meus sentimentos para as famílias de Ricardo Boechat e do Cmte Quattrucci. Depois de décadas de trabalho na segurança de voo, um acidente aéreo sempre nos dá essa sensação de impotência pela importância e a fragilidade da vida.”

Marina Silva (Rede-AC), ex-senadora: “É com profunda tristeza que recebi a notícia da morte trágica do jornalista Ricardo Boechat. Boechat fará uma falta enorme ao jornalismo, ainda mais nesse momento do país. Que Deus conforte sua família, amigos e colegas de trabalho nesse momento de perda e dor.”

Onyx Lorenzoni (DEM-RS), deputado federal e Ministro-chefe da Casa Civil: “Meus sentimentos à família e amigos de Ricardo Boechat.”

Dias Toffoli, presidente do STF: “Lamento a morte do jornalista Ricardo Boechat ocorrida nesta segunda-feira (11), em São Paulo. A imprensa e a sociedade brasileira estão em luto pela perda desse excelente profissional que com dinamismo e versatilidade levava a notícia aos públicos mais diversos, seja para quem o lia na coluna da revista ‘Istoé’, seja para quem o ouvia na rádio ou o assistia nos telejornais da Band. Presto minhas sinceras condolências à família, aos amigos e às empresas para as quais trabalhou ao longo de quase meio século de jornalismo.”

João Otávio de Noronha, presidente do STJ: “Ao longo de quase 50 anos de carreira, o jornalista Ricardo Boechat construiu uma história marcada pelo profissionalismo, pela imparcialidade e pelo cultivo dos valores mais caros ao jornalismo, como a ética e o combate à corrupção. Jornalista multifacetado e premiado, Boechat consolidou seu nome entre os profissionais de imprensa mais respeitados do país. Com profunda tristeza, manifesto condolências aos familiares, amigos e todos os colaboradores do Grupo Bandeirantes.”

Luciano Huck, apresentador: “Chocado e triste com o falecimento do jornalista Ricardo Boechat. Em um momento  tão delicado, o país perde uma potente voz na defesa ética. Deixo todo meu carinho a família e aos colegas da Bandeirantes.”

Fátima Bernardes, apresentadora: “Melhor lembrar dele assim: sorrindo e fazendo o que amava.

Padre Marcelo Rossi: “Amados, Orando pelo Ricardo Boechat. Querido jornalista, conceituado e respeitado. Que a família seja confortada por Deus.”

Padre Fábio de Melo: “A morte do Boechat nos empobre. É bem mais do que perder um jornalista brilhante. É perder uma consciência lúcida, iluminada, que sabia ver o Brasil sem partido, sem paixões. Morre com ele a coragem que a muitos encorajava diariamente.”

Daniela Mercury, cantora: “Sinto muito pela morte de @BoechatOficial, um jornalista político tão importante e necessário sempre. Mais ainda nesse momento do Brasil. Um abraço afetuoso à família.”

Walcyr Carrasco, autor: “Mais uma notícia triste nesse ano: perdemos o jornalista Ricardo Boechat. Meus sentimentos aos familiares e amigos.”

Ratinho, apresentador: “Triste perda do Ricardo Boechat jornalista respeitado e muito querido pelo povo brasileiro. Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs. @boechatreal”

Danilo Gentili, apresentador: “Por coincidência sempre entrávamos na maquiagem da Band no mesmo horário. A gente se divertia muito conversando. Ríamos bastante enquanto nos maquiavam.”

Cid Moreira, jornalista: “Uma perda lamentável para o bom jornalismo! Adeus Boechat, trabalhador incansável! Brasileiro sempre indignado com as mazelas.. vai fazer muita falta.. “

Patricia Poeta, apresentadora: “Um profissional brilhante que tinha a coragem de dizer o que pensava. Vai fazer muita falta no jornalismo. Que Deus conforte e dê força pra família do Ricardo Boechat.”

Celso Portiolli, apresentador: “Meu Deus, desci do avião e ouvi no rádio que um helicóptero havia caído na Anhanguera, não informado quem estava no aeronave. Ricardo Boechat era um dos passageiros, meu Deus não é possível. Que tristeza. Meus profundos sentimentos aos familiares , amigos e fãs. A vida é uma lâmpada.”

Thiago Lacerda, ator: “Que Notícia Triste, que Perda Pro Jornalismo Sério e Responsável… Que Perda Para o Povo Brasileiro! Especialmente nesses Tempos Difíceis… Nossos Sentimentos à Família! E um Abraço Apertado! Que Ano Senhores.”

Eliana, apresentadora: “Ahhh querido @boechatreal. Vc vai fazer MUITA falta para todos que amavam te ouvir. Eu era uma delas. Que vc tenha um caminho de luz. Meus sentimentos à toda a família. #ricardoboechat.”

Angélica, apresentadora: “Que noticia triste! Deus conforte a familia e os amigos desse profissional tao amado por todos nós.”

Adriane Galisteu, apresentadora e atriz: “Sabe quanto tá difícil demais de acreditar? Meu Deus que tristeza… amigo genial pai exemplar e fonte de inspiração que falta você vai fazer pra todos nós o meu mais profundo sentimento Aos familiares! O Brasil não está preparado pra ficar sem você! #ricardoboechat. Pra sempre te amarei.”

Gugu Liberato, apresentador “Tempos atrás, o querido Ricardo Boechat através do amigo Mariano, mandou essa carinhosa mensagem extensiva aos colegas da @recordtvoficial . Descanse em paz. Forças às famílias de todas as vítimas neste momento tão difícil.”

Sidney Magal, cantor: “Ainda anestesiado com as recentes tragédias de Brumadinho e do Rio de Janeiro, hoje iniciamos a tarde com a triste notícia da morte do querido Ricardo Boechat. Um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro que tratava com muita seriedade, presteza e inteligência, o dom de comunicar e servir ao povo. Aproveito para solidarizar com todas as vítimas das recém tragédias que têm entristecido o povo brasileiro e deixo meu abraço no coração dos familiares, amigos e a todos que possam sentir a dor que sinto neste momento. FA foto possui texto alternativo.”

Fafá de Belém, cantora: “Sem condições de dizer nada. Meu amigo partiu. Vá em paz, Boechat”

Tadeu Schmidt, apresentador: Que perda! Que tristeza! Eu o ouvia sempre. E admirava MUITO! Um craque! Um monstro! Um dos maiores jornalistas que o Brasil já teve.”

Romário, ex-jogador e político: “Triste demais com essa notícia da morte de Ricardo Boechat, vítima da queda de um helicóptero que o transportava. Um dos jornalistas mais sérios e competentes e também um dos mais queridos pela população. Além de nos trazer informações relevantes, nos brindava com seus comentários lúcidos e corajosos. Com certeza, fará muita falta. Vá em paz, Boechat. Meus sentimentos aos familiares do jornalista e do piloto do helicóptero.”

•Só Notícias com O Globo e Metrópoles (fotos: reprodução) – (Atualizada às 15h35)

Só Notícias com O Globo e Metrópoles (foto: reprodução)