Saúde

Vigilância Ambiental aponta redução no índice de infestação do mosquito da dengue em Sorriso

Os dados do setor de Vigilância Ambiental apontam uma redução expressiva no índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, no município. O levantamento do 4º ciclo, que é realizado a cada 60 dias nos domicílios de Sorriso, mostra que o índice está em 0,26%. “No inicio do ano no 1º ciclo o índice de infestação estava em 3,60%, no 2º ciclo, subiu para 3,88%, no 3º ciclo caiu para 0,98% e, agora, no 4º ciclo estamos com 0,26% que é um índice muito bom, abaixo do máximo aceitável pelo Ministério da Saúde. Apesar da diminuição do índice geral, não podemos baixar a guarda, pois agora começa o período de chuva e precisamos redobrar os cuidados e eliminar os recipientes que são passíveis de acumular água e servir de criador para mosquito Aedes aegypti”, explicou a coordenadora da vigilância em saúde, Tayná Vacaro, através da assessoria.

Os agentes de vigilância ambiental visitaram um total de 43.585 imóveis, em 63 localidades, incluindo os distritos, o Projeto Casulo e o Assentamento Jonas Pinheiro. Ainda segundo o levantamento, os bairros que tiveram índices acima de 1% foram Projeto Casulo com 2,63%, Jardim Europa com 1,09% e Santa Maria I e II.

De acordo com o secretário de Saúde e  Saneamento, Luis Fábio Marchioro, a redução é resultado de um trabalho conjunto “das entidades de classe, empresas, imprensa, associações de moradores de bairro e população que se uniram ao poder público no combate ao mosquito Aedes aegypti.  Sempre digo que unidos somos mais fortes e o resultado está aí. Quero agradecer a todos que quando convidamos para entrar nesta luta pegaram junto conosco, não vou citar nomes para não esquecer ninguém. Agradeço a população que continue cuidando do quintal e evitando a proliferação do mosquito”,

Redação Só Notícias (foto: reprodução)