Saúde

Sinop: produtor rural vence Coronavírus e sai da UTI após 14 dias

Uma boa notícia na luta contra o Covid-19 em Sinop. O produtor Cláudio Luiz Canan, de 54 anos, está curado após ficar 14 dias internado em Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santo Antonio em Sinop.  As informações foram confirmadas, ao Só Notícias, pela sua filha, Ana Cláudia Canan. “Não tem explicação. A emoção que sentimos quando recebemos a notícia não tem palavras para explicar, só agradecer muito a Deus”, resumiu. Ela também agradeceu “imensamente a maravilhosa equipe (do hospital)”. Deus abençõe a vida de cada um de vocês”, desejou.

Ao sair da UTI, Claudio foi homenageado por alguns profissionais da saúde que o aplaudiram e estavam com cartazes e balões comemorando a vitória contra a doença. Ele se emocionou muito no reencontro com familiares.

Por enquanto, segue hospitalizado mas a expectativa é que nos próximos dias vá para casa. Produtor rural, Claudio é morador de Sinop há 38 anos.

Conforme Só Notícias já informou, no início do mês um paciente, de 45 anos, recebeu alta hospitalar após ficar 20 dias internado em leito de UTI do Hospital Regional de Sinop em decorrência do novo Coronavírus. Deste período de internação, o homem permaneceu 18 dias respirando com ajuda de aparelhos.

A secretaria municipal de Saúde informou, ontem, que Sinop chegou aos 226 casos confirmados de Coronavírus desde o início da pandemia. Destes, 114 estão recuperados e 90 são monitorados em isolamento domiciliar.

A pasta detalhou ainda que sete pacientes que testaram positivo para a doença estão internados, sendo um em UTI privada, dois em enfermaria privada, três nas UTIs e um na enfermaria do hospital regional. Segundo a secretaria, 15 pessoas morreram em decorrência da doença.

Já a secretaria estadual de Saúde divulgou que Mato Grosso chegou a 8.166 casos confirmados de Coronavírus. Destes, 4.738 estão em isolamento domiciliar e 2.766 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados, há 204 internações em UTI e 170 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 80% para UTIs e em 20,8% para enfermarias. A pasta ainda informou que registrou 295 óbitos por Covid-19.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria - atualizada 14:57h)