Saúde

Sinop aparece a frente de Sorriso no ranking de vacinação contra a Covid no Estado; Lucas em 42º

A secretaria estadual de Saúde divulgou, há pouco, novo ranking de vacinação contra a Covid dos municípios de Mato Grosso. Sinop está em 61º lugar. Até agora, já recebeu 219.692 imunizantes e aplicou 186.197 (84,8%), sendo 110.281 em primeira dose, e 65.959 de reforço.

Sorriso aparece em 73º, com 114.466 doses recebidas e 140.426 aplicadas, o que corresponde a 81,5% (69.347 em primeira e 40.475 em segunda). Lucas do Rio Verde também já aplicou 88,3% e está em 42º na lista. O município recebeu 95.145 e aplicou 84.041 (50.499 em primeira e 29.247 de reforço).

Nova Mutum é o 44º, tendo aplicado 54.081 das 61.298 recebidas (88,2%). Já Alta Floresta aparece na 40ª posição. Até agora, recebeu 72.832 e aplicou 64.799 (90%). Colíder, por sua vez, está em 23º na lista, com 46.640 recebidas e 94,2% aplicadas (43.921).

Guarantã do Norte ocupa o 116º lugar. O município aplicou 68,1%, ou seja, 34.939 das 51.309 que recebeu. Peixoto de Azevedo está em 126º. Recebeu 53.944 e aplicou 35.136  (65,1%). Santa Carmem aparece em 62º, com 84,3% de aplicações (5.543 das 6.573 que recebeu). Matupá é 99º, com 18.784 aplicadas e 24.818 recebidas (75,7%).

A classificação leva em consideração o total de doses recebidas e aplicadas (primeira e segunda aplicações).

Os 10 municípios que mais aplicaram vacinas, considerando o percentual de doses aplicadas em relação às doses recebidas, foram Campos de Júlio (99,9%), Diamantino (98,3%), Planalto da Serra (98,1%), Nortelândia (98,0%), Glória D’Oeste (97,9%), Itaúba (96,7%), Salto do Céu (96,5%), Nova Brasilândia (96,3%), São José do Povo (95,8%) e Jauru (95,7%).

Mato Grosso já recebeu 5.966.787 doses e distribuiu 5.258.180 aos 141 municípios, ou seja, 88% do total. Dos mais de 5,2 milhões de imunizantes retirados pelos municípios, foram aplicados 4.242.430 (80,7%), sendo 2.435.889 como primeira dose ou única, e 1.622.353como segunda dose. O percentual da semana passada era de 86,7%.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: arquivo/assessoria)