Educação

Secretaria apresenta plano de recuperação da aprendizagem em Mato Grosso

A secretaria de Estado de Educação, em reunião convocada pelo Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso, apresentou o plano de recuperação da aprendizagem, hoje. O objetivo das discussões proporcionou a ampliação do debate das políticas educacionais implementadas na rede pública de ensino.

Convocado para responder sobre a condução o plano de ação para reduzir os impactos causados pela pandemia da Covid-19, o secretário estadual de Educação, Alan Porto, destacou a atuação do Governo do Estado na liberação de recursos para que o conhecimento continuasse chegando aos estudantes.

“Após um período de tantas adversidades e com o avanço da vacinação, é importante dizer que agora é o momento da educação. Baseado em evidências estamos implementando medidas que surtirão efeito a médio e longo prazo, pelo viés de uma gestão colaborativa com os municípios”, destacou o secretário.

O presidente do conselho de Educação, Gelson Menegatti Filho, reafirmou o papel da Seduc na gestão dos recursos e constante diálogo desenvolvido. “É perceptível o modelo de gestão compartilhada. Em meio a todas as adversidades implicadas pela pandemia, a Seduc sempre esteve aberta às preposições e orientações propostas pelo Conselho”.

Para o conselheiro do Sintep e professor da rede no município de Alta Floresta, Dirceu Blanski, a aplicação de recursos descentralizados está fazendo a diferença para o dia a dia na sala de aula.

“Sou professor da Escola Estadual 19 de Maio e posso afirmar o quanto as transformações apresentadas pelo secretário têm refletido na realidade do ensino na prática. Agora, estamos na expectativa do desenvolvimento dos programas”, frisou.

De acordo com o conselheiro representante dos alunos do Ensino Superior, Wesley Spines Corrêa da Mata, a apresentação do plano de investimentos reflete a parceria de trabalho desenvolvida continuamente entre o Conselho Estadual de Educação e Seduc.

“Um aspecto positivo das políticas públicas é o equilíbrio financeiro nos recursos do CAC Fundeb. Hoje é possível acessar o histórico de forma clara e transparente. Ter a presença da Seduc nessa convocação simboliza os novos direcionamentos na gestão da educação de Mato Grosso”, disse o conselheiro.

Redação Só Notícias (foto: Wesley Rodrigues/assessoria)