Saúde

Secretaria aumentará disponibilidade de testagens com onda de casos virais em Sorriso

O secretário municipal de Saúde e Saneamento, Luis Fábio Marchioro, relatou ao Só Notícias, que as 25 Unidades Básica de Saúde da Família (PSF) no município estão preparadas para aplicar de 5 até 6 mil testes antígenos ou exame imunocromatográficos rápidos, com a capacidade de identificar sinais da coronavírus num período de até 15 minutos. A medida deve auxiliar no momento de não obrigatoriedade das máscaras e recente aumento de casos no primeiro trimestre.

“Em termos de fiscalização não há muito o que pode ser feito, pois a legislação já não nos ampara e a população precisa de uma regra para ser seguida. Exceto em casos específicos como uma pessoa com resultado positivo e que precisa ficar em isolamento por pelo menos 10 dias. Nesse ano houve também uma parada total na vacinação contra a covid, então as unidades têm feito a busca ativa da população e conscientização virtual”, ponderou Marchioro.

A ação deve ampliar ainda os meios para identificação de outros vírus que tem circulado pelo município, segundo o gestor. “Essa mudança climática de baixas temperaturas e retorno do calor gerou quase 500 novos atendimentos (referentes a infecções virais) na Unidade de Pronto Atendimento, quando a média é de 300 até 350. Por isso a testagem com a população deve ajudar na identificação dos quadros de dengue e também influenza, uma vez que não seja o coronavírus”.

Na análise dos últimos dois anos da doença, o bairro “Rota do Sol foi a região com mais mortes, pois é tem o maior número de pacientes que foi atingido de maneira fatal, como diabéticos, obesos, idosos, hipertenso entre outras comorbidades. Mas a região central foi, sem dúvidas, o local com maior número de contaminações”, detalhou.

Só Notícias/Guilherme Araújo (foto: assessoria)