Saúde

Secretaria amplia atendimento psicológico por telefone em Nova Mutum durante pandemia

A Secretaria Municipal de Saúde ampliou a ação de teleatendimento psicológico em Nova Mutum. O projeto, que compõem o plano de ações da prefeitura durante o período de pandemia de covid-19 oferta para a população amplo apoio psicológico através de atendimento telefônico, realizado por profissionais capacitados da Secretaria.

A ação foi inicialmente desenvolvida para atender pessoas que estavam em isolamento social voluntário por conta do coronavírus. A partir de agora a ação é ofertada também aos profissionais da saúde e aos idosos de Nova Mutum.

A psicóloga Camila Fantin, que está a frente do trabalho explica que o serviço teve grande procura e a secretaria o reorganizou, ampliando a ação a novos grupos de pessoas. “Quando se fala em atendimento emocional algumas pessoas tem um certo tipo de resistência de mostrar que estão precisando de ajuda, porém a gente percebe que aqueles que estão usando o teleatendimento apresentam melhores resultados, o que comprova que esse é um modelo que funciona e traz bons resultados”.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que mais de 30% das pessoas que estão em isolamento domiciliar apresentam fortes sintomas de depressão. “Estamos atendendo a todos que se sentiram impactados com esta nova realidade, por conta da pandemia. Convidamos a todos que por ventura queiram compartilhar seus momentos difíceis para entrarem em contato conosco. Nossa equipe é formada por profissionais capacitados para auxiliar a todos”, destaca a psicóloga Janaina Souza.

Durante a pandemia do Covid-19 que afetou o Brasil, o Ministério da Saúde normatizou o sistema de teleatendimento psicológico, visando reduzir os impactos da saúde mental da população, uma vez que aumentaram neste período de pandemia as pessoas com crises de ansiedade, angustia insegurança e outros sintomas.

Em Nova Mutum, a equipe conta com três profissionais capacitados, em dois turnos de atendimento, no período matutino e vespertino.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)