Saúde

Médicos fazem assembléia hoje para discutir paralisação

A Comissão Estadual de Honorários Médicos de Mato Grosso (CEHM) convoca os profissionais médicos para mais uma assembléia, hoje, às 19 horas, na Sede Campestre da Associação Médica de Mato Grosso (AMMT). A reunião contará com a presença do presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Eleuses Vieira de Paiva, que virá a Cuiabá especialmente para participar da reunião e dar apoio ao movimento.

Em pauta, estarão assuntos como o atendimento aos planos de saúde e a mobilização da categoria visando a implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) no Estado. Na última assembléia, realizada no dia 19 de julho, os profissionais decidiram manter a suspensão do atendimento aos usuários das administradoras de Planos de Saúde da União das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas), Bradesco Saúde, Sulamérica Saúde, Amil, Golden Cross, Sadia e ISSPL.

A Unidas não aceita alguns pontos colocados pela Comissão, como a multa pelo atraso no pagamento dos procedimentos, multa por glosa indevida, a manutenção da rede credenciada em 1º de julho de 2004 e a própria implantação da CBHPM.
Os profissionais médicos haviam dado prazo até 30 de junho para a assinatura dos contratos de prestação de serviços, contemplando a cobertura do rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a livre negociação com os pacientes dos demais procedimentos que integram a CBHPM, tendo como base os valores da Classificação.