Saúde

Mato Grosso está com 12 municípios com risco alto de transmissão da Covid

A secretaria estadual de Saúde informou, há pouco, panorama da situação epidemiológica da Covid  em Mato Grosso com 12 municípios registrando alta classificação de risco para o Coronavírus: Alta Floresta, Sinop, Sorriso Várzea Grande, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis e Cotriguaçu.

Há mais 30 cidades na categoria de risco moderado na transmissão da doenças: Paranatinga, Juruena, Nova Mutum, Poconé, Vila Bela da Santíssima Trindade, Lucas do Rio Verde, Peixoto de Azevedo, Tangará da Serra, Carlinda, Confresa, Campo Novo do Parecis, Matupá, Guarantã do Norte, Brasnorte, Chapada dos Guimarães, Marcelândia, Arenápolis, Juara, Comodoro, Tapurah, Canarana, Mirassol d’Oeste, São Félix do Araguaia, Campo Verde, Ipiranga do Norte, Barra do Bugres, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Serra Nova Dourada e Ribeirãozinho.

O sistema de classificação que aponta o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos, é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras. Hoje, a média móvel de mortes é de mais 37 pessoas. Ontem foram 40 e, na terça-feira, 32. A taxa de ocupação de UTIs chegou a um dos maiores patamares desde o início da pandemia, ano passado – 96%. São apenas 20 leitos disponíveis.

 

Só Notícias