Saúde

Mais de 1,5 mil são vacinados contra Covid em Lucas do Rio Verde; aberto cadastro de 12 a 17 anos

Nesta etapa devem ser atendidas crianças e adolescentes de 12 a 17 anos de idade, com comorbidades, conforme recomendação descrita no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO), do ministério da Saúde, e devem ser imunizados com a vacina Pfizer. O objetivo do pré-cadastro é organizar as filas e prioridades na distribuição das vacinas e realizar a conferência de documentos fornecidos.

A secretaria municipal informa que o pré-cadastro, que vai até o próximo dia 30, não é garantia de agendamento ou recebimento da vacina. Após esse período todos os cadastros passarão por uma análise para comprovação de comorbidades, que será realizada por uma equipe técnica da secretaria considerando que obrigatoriamente deve ser apresentado laudo médico que aponte a comorbidade e comprovante de residência. No site da prefeitura de Lucas é possível encontrar um modelo de laudo médico disponível para download. Além disso, são aceitos exames e receitas de medicamentos como documentação extra para a comprovação.

Profissionais dos PSFs estão orientados sobre o processo da vacinação (dúvidas sobre receituários, exames médicos e emissão de laudos para a comprovação da comorbidade), bem como proceder com a realização do pré-cadastro, quando necessário (situações em que o paciente não tem instrução escolar ou equipamentos eletrônicos à sua disposição).

A secretaria divulgou mais um balanço com 1,5 mil pessoas, de 20 anos completos ou mais, vacinadas na quarta-feira à noite e atingiu o público esperado para as duas horas de duração.

Além desta ação de vacinação de primeira dose, a secretaria segue até amanhã, com o cronograma de segunda dose, no prédio do antigo Fórum, ao lado da Escola Olavo Bilac, próximo à rotatória da Igreja Rosa Mística.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)