Saúde

Mais de 100 casos de malária foram registrados em Sinop

Além do problema intenso com a dengue, a Secretaria Municipal de Saúde de Sinop tem tido muito trabalho para conter o índice de malária no município. Só neste ano foram 110 casos registrados, sendo 41 em pacientes que pegaram a doença na cidade ou em regiões de mata próximas e 69 de pacientes que trouxeram a malária de outros Estados, como por exemplo do Pará.

Dos 110 casos, ainda, 14 foram em moradores da Gleba Mercedes V (70km do centro de Sinop) e 96 na área urbana, principalmente no bairro Jardim Boa Esperança. O laboratório realizou neste 1º semestre de 2005, 1.390 exames, 32 de moradores da Gleba Mercedes V e 1.358 da área urbana.

Só Notícias apurou que dos casos confirmados, 44 são de pacientes que estão com a doença pela segunda, terceira ou quarta vez. Todos essas pessoas são de Sinop. Dos casos positivos na Gleba Mercedes V, todos (14) são da malária tipo Vivax; dos casos de Sinop, 4 são do tipo Falsiparum e 91 Vivax e um caso ainda foi registrado, em Sinop, como sendo do tipo Vivax mais Falsiparum. Nenhum óbito foi contabilizado neste ano.

Atualmente a secretaria está fazendo a aplicação de veneno para matar o mosquito nas áreas de mata que ficam próximas a área urbana de Sinop. A equipe de agentes comunitários de saúde também estão fazendo visitas às comunidades rurais pertencentes ao município para fazer a identificação de possíveis casos da doença.