Saúde

Governo do Estado e ministério da Saúde garantem abastecimento de oxigênio para regional de Sinop

Após articulação do governo estadual, o Ministério da Saúde começa a executar plano emergencial para garantir o abastecimento de oxigênio medicinal, principalmente para a região norte do Estado. Uma carreta com capacidade de transporte de 25 mil metros cúbicos de oxigênio líquido será encaminhada toda semana ao Estado. Até a próxima, cerca de 10 mil metros cúbicos deverão ser enviados para Mato Grosso, como primeiro abastecimento.

“A carreta sairá de Minas Gerais e passará por Mato Grosso, Rondônia até o Acre, deixando uma carga de oxigênio em cada parada e, a cada semana, serão destinados em torno de 5 mil metros cúbicos para Mato Grosso. Acreditamos que essa logística resolve o problema de abastecimento de oxigênio no Estado, principalmente na região de Sinop”, explicou o diretor de Logística do Ministério da Saúde, general Ridauto Fernandes.

Ainda conforme o governo Federal, “o plano está concebido para funcionar de maneira ininterrupta (sem término previsto), sendo alterado de acordo com a evolução do consumo, para mais ou para menos, até que, passada a crise, o consumo volte a níveis normais”.

O pedido do governo estadual ao ministério da Saúde foi feito após mudança do local de envio do insumo pela principal produtora de oxigênio do país, o que prejudicou a logística até a região Norte do Estado.“Assim que recebemos a informação do problema de abastecimento de oxigênio aos hospitais municipais, entramos em contato com o Ministério para que a situação fosse contornada, pois era necessária uma logística central”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Além do insumo, o Estado também enfrenta dificuldades em relação à quantidade de cilindros para utilização medicinal do oxigênio. No último domingo, 340 cilindros foram enviados em aviões Hércules, da FAB, para Sinop  -parte ficou no hospital regional e outra enviada para hospitais públicos na região. O governo também coordena ação para que empresas privadas doem cilindros de oxigênio para que possam ser utilizados nas unidades de saúde. Nessa semana, 200 cilindros já foram doados.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias - atualizada 14:35h)