Saúde

Estado assina convênio para equipar ala de oncologia em Sinop

Como formuladora e condutora da política estadual de saúde cabe à Secretaria
de Estado de Saúde (Ses) adotar estratégias que viabilizem a organização de
serviços regionalizados que venham para otimizar recursos financeiros, humanos
e materiais Para alcançar esse objetivo as estratégias traçadas precisam
priorizar as relações com os municípios e com instituições que possam
desenvolver parcerias em ações que resultam na proteção da saúde da população.

No fortalecimento dessas parcerias o secretário de Estado de Saúde, Augustinho
Moro, assinou hoje, no período da tarde, um convênio com a Fundação de
Saúde Comunitária de Sinop/Hospital Santo Antonio, no valor de R$ 280.000,00
para a compra de equipamentos que serão usados na assistência integral a
pacientes oncológicos no município.Este serviço conta também com a parceria do
Lions Club que doou o terreno e construiu a ala onde funcionará a assistência
oncológica. Sinop fica a 500 quilômetros de distancia da capital do Estado,
Cuiabá, na região Norte de Mato Grosso.

Comentando a assinatura do convênio, o secretário de Estado, Augustinho Moro,
disse que “o Governo do Estado tem um compromisso com o município de Sinop, na
aquisição de equipamentos de leitos de UTIs e a cessão de um convênio para
custeio dos serviços, o que vai ser efetivado no ano de 2006. Para efetivação
desses serviços a Secretaria vem envidando esforços para cumprir com esse
compromisso. A parte burocrática do serviço, como análise do perfil da equipe
técnica que vai gerenciar o comando da UTI, análise curricular dos médicos
responsáveis e credenciamento da equipe médica, de acordo com exigências do
Ministério da Saúde (MS) já está em fase de finalização”.

Augustinho Moro disse que a população não vai ficar sem esse tipo de atenção.
A Ses tomou providencias no sentido de disponibilizar leitos de estabilização
para que a população não sofra com a falta do serviço de UTIs.

O diretor da Fundação de Saúde Comunitária de Sinop/Hospital Santo Antonio,
Helmuth Otto Zubler, afirmou que a assinatura do convênio vem “permitir que a
fundação alcance um novo patamar de atenção aos usuários do SUS, se preparando
para estender a eles um serviço de alta complexidade com excelência de
qualidade. A atenção oncológica vem suprir uma premente necessidade dos
moradores da nossa região, que o Estado satisfaz com a parceria da Secretaria
de Estado de Saúde.Vamos também atender a parte de internação, medicação e
quimioterapia”, finalizou ele.

Outro ponto de esclarecimento quanto aos serviços de saúde na região Norte é a
funcionabilidade do consórcio Teles Pires. No mês de setembro houve fechamento
do período de vigência do consórcio, porém a Secretaria de Estado de Saúde já
providenciou um aditivo para o encerramento do ano. Foi garantido o repasse
financeiro do mês de setembro, no item produção, de R$ 192.000,00. Já no item
custeio de serviços, onde o consórcio referencia serviços dos municípios de
Sinop e Lucas do Rio Verde, o Estado já repassou R$ 119.000,00 e já está
providenciando a disponibilidade de recursos referentes ao mês de outubro, com
previsão de chegar ao final do ano com o cumprimento das metas financeiras
para o consórcio Teles Pires.

No fortalecimento da interiorização, o secretario Augustinho Moro assinou
também convênio com a prefeitura do município de Juara (709 quilômetros
distante de Cuiabá, no Médio Norte mato-grossense) visando o repasse de
incentivo financeiro para a construção de um posto do Programa Saúde da
Família (PSF). Pelo convênio a Secretaria de Estado de Saúde disponibiliza
recursos da ordem de R$ 92.242,36 para a construção do posto que terá prazo de
12 meses para o término das obras.

O secretário afirmou, também, que a Secretaria de Estado de Saúde adotou
estratégias para o fortalecimento do SUS estadual como o estabelecimento de
cooperação técnica com os municípios, preferencialmente através dos
Escritórios Regionais de Saúde, procurando fortalecer a capacidade técnica e
administrativa das Secretarias Municipais de Saúde.

“A política estadual de saúde, na viabilidade do fortalecimento e
implementação da rede SUS segue a linha da consolidação de parcerias, formando
laços de cooperação entre as partes, celebrando convênios com prefeituras,
órgãos públicos, entidades filantrópicas cujo objetivo é aumentar serviços, de
acordo com a demanda do Estado, sendo o objetivo final gerar benefícios para
toda a comunidade mato-grossense”, disse o secretario Augustinho Moro.