Saúde

Dengue aumenta 300% em Alta Floresta e secretário pede fumacê

O secretário de Saúde de Alta Floresta, Robson Valadao, admitiu hoje que há surto de dengue, com 50 casos confirmados oficialmente. O índice é aproximadamente 300% maior que no mesmo período do ano passado. “Não são números alarmantes. A situação está sob controle. Ainda não houve epidemia e a quantidade de casos em nosso município não é superior a outros da região”, disse o secretário, ao Só Notícias. Ele informou ainda que solicitou a Secretaria Estadual que seja feita aplicação do fumace para conter o avanço da doença

Os exames estão sendo feitos pela própria rede municipal. Após diagonosticado caso de dengue, é feito bloqueio com aplicação de veneno e limpeza num raio de 100 metros da residência do paciente.

O secretário cobra maior participação da população, mesmo com a implantação da força tarefa que está passando de casa em casa recolhendo lixo que acumula água e serve de criadouro para o mosquito transmissor se reproduzir. “A colaboração da população é pequena, mas esperamos uma conscientização maior. O trabalho da força tarefa será feito até o final do mês e pode ser prorrogado até o final da temporada de chuvas”, antecipou.

(Atualizada às 14:21hs)