Saúde

Coordenadora desmente epidemia de dengue em Lucas R. Verde

A coordenadora de Saúde do município, Terezinha Viana Gimenes, negou que Lucas do Rio Verde está com epidemia de dengue conforme chegou a ser cogitado esta semana. “Não temos epidemia de dengue. O que está acontecendo é que um número maior de pessoas, se compararmos os anos anteriores, passou a procurar as unidades de saúde com sintomas parecidos com os da dengue. Na verdade constata-se que esses sintomas não passam de gripe, vírus comum nessa época do ano”, disse.

Segundo ela, até o momento foram notificados 61 casos e apenas 2 confirmados, através do Laboratório Central (Lacen) de Cuiabá. A prefeitura junto com a secretaria de saúde de Lucas está realizando trabalhos constantes de coleta de lixo, conscientização e capacitação de agentes para divulgar o combate à dengue. “A secretaria está fechando um contrato com um grupo de teatro para apresentar nas escolas. As crianças menores vão assistir peças que mostram como combater a dengue e as maiores assistirão palestras ministradas por agentes capacitados”, salientou Terezinha.

Mas o maior problema que a prefeitura luverdense vem enfrentando é com os terrenos baldios. “Não temos condições de ficar limpando esses terrenos que os donos simplesmente somem e abandonam. Nossa sorte é que o morador está cuidando bem de seu quintal, não estamos tendo muitos problemas com as residências”, disparou.

Durante todo o decorrer do ano são feitos trabalhos de coleta seletiva de lixo. Os vasilhames como garrafas, plásticos, vidros são coletados, prensados e reciclados.