Saúde

Campanha para detectar câncer de pele é realizada hoje em Sinop

Uma equipe médicos e agentes de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Sinop realizarão hoje uma campanha de combate ao câncer de pele. Das 08:00h às 12:00h, eles estarão no Posto de Saúde Central, na avenida das Figueiras, no centro, recebendo as pessoas que apresentam suspeitas da doença para exames.

O atendimento será por ordem de chegada com a entrega de senhas. Todas as pessoas que apresentarem alguma ferida na pele, pintas que mudaram de cor ou que estejam sangrando, verrugas e espinhas que estão a muito tempo na pele ou ainda pequenos tumores, podem fazer o exame clínico. Caso a doença seja diagnosticada o paciente é encaminhado para fazer exames mais detalhados ou para o tratamento.

Tanto o exame clínico que será realizado hoje como tratamento serão gratuitos e feitos com o apoio da secretaria. Além dos diagnósticos, a equipe estará dando orientações sobre os principais cuidados com a exposição solar, prevenção e detecção precoce da doença. A campanha é realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, em parceira com a Secretaria Municipal de Saúde de Sinop.

Saiba mais sobre a doença: câncer da pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo da camada afetada, teremos os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares; o mais perigoso é o melanoma.

A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento do câncer e o envelhecimento da pele. Ela se concentra nas cabines de bronzeamento artificial e nos raios solares. O carcinoma basocelularé o tipo mais freqüente, e representa 70% dos casos. É mais comum após os 40 anos, em pessoas de pele clara. Seu surgimento está diretamente ligado à exposição solar acumulativa durante a vida. Apesar de não causar metástase, pode destruir os tecidos à sua volta, atingindo até cartilagens e ossos.

Já o carcinoma espinocelular ésegundo tipo mais comum de câncer da pele, pode se disseminar por meio de gânglios e provocar metástase. Entre suas causas, estão a exposição prolongada ao sol, principalmente sem a proteção adequada, tabagismo, exposição a substâncias químicas com arsênio e alcatrão e alterações na imunidade.

O melanomaé o tipo mais perigoso, com alto potencial de produzir metástase. Pode levar à morte se não houver diagnóstico e tratamento precoce. É mais freqüente em pessoas de pele clara e sensível. Normalmente, inicia-se com uma pinta escura.