Saúde

Alta Floresta tem 7 casos suspeitos de Coronavírus sendo investigados

O setor de Vigilância Epidemiológica da secretaria municipal de Saúde de Alta Floresta confirmou, esta manhã, ao Só Notícias, que estão sendo investigados 7 casos suspeitos de Covid-19. Além disso, três foram descartados e uma excluído após confirmação de exames. Até agora, foram notificados 15 casos de síndrome gripal.

Em Sinop, dos 30 exames, 19 pacientes com suspeitas aguardam resultados e os testes de 11 foram negativos para Coronavírus. A secretaria municipal de Saúde confirmou que Sinop continuam sem casos confirmados. Um homem, de 45 anos, e uma mulher, 73 anos, seguem internados em UTI.

Em Lucas do Rio Verde subiu para 35 o número de casos suspeitos de Coronavírus no município. Ontem, eram 33 o número de casos investigados. Desses, três estão internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com síndrome respiratória aguda grave. Além disso, quatro já foram testados e descartados de estarem infectados.

Conforme Só Notícias já informou, o número de casos confirmados de infecção pelo novo Coronavírus em Mato Grosso subiu para 28, de acordo com os dados divulgados, ontem, no final da tarde, pela secretaria de Estado de Saúde – 7 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 3 na enfermaria. Foram 3 novas confirmações em 24 horas. Ontem, contabilizava 25 casos confirmados da doença no Estado.

Consta ainda no boletim da secretaria, que 9 pacientes já estão curados da infecção. Até agora, o Estado notificou 291 casos com síndrome respiratória aguda grave. De 31 de janeiro até hoje, 51% dos casos são em homens e 49%, mulheres. A média de idade dos confirmados é de 42 anos.

Cuiabá lidera o ranking com 19 casos confirmados. Na sequência aparece, Rondonópolis com 5 casos, Várzea Grande 2. Outro é no Nortão, em Nova Monte Verde (467 km de Sinop) e o mais novo em Tangará da Serra, conforme Só Notícias adiantou, ontem.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria)