Esportes

Primordial agora é a saúde e o futebol temos que aguardar para depois, diz técnico do Sinop

O técnico do Sinop Futebol Clube, Marcos Birigui, reconheceu, em entrevista, ao Só Notícias, que a suspensão do Campeonato Mato-grossense é prejudicial. No entanto, afirmou que o momento é de pensar na saúde. “É crítico, não dá para pensar em divertimento, futebol é sério, mas a saúde do povo, de uma nação, é muito mais importante que tudo isso, pode ter certeza”, ressaltou.

“A suspensão é prejudicial, principalmente financeiramente já que hoje o Sinop não nada em dinheiro, e está muito defasado financeiramente. Nós tivemos que arcar com todas as despesas de transferência e tudo para terminar o campeonato, aí agora passagens, foi muito ruim”, acrescentou.

Birigui ainda salientou que agora é momento de aguardar e colocar a situação “nas mãos de Deus. “Se Ele permitir e revigorar a saúde brasileira e acabar com essa pandemia, aí sim podemos pensar na retomada do Campeonato”, emendou.

“Agora da maneira como está com esse vírus, eu acredito que temos que ficar em casa e se preparar para um futuro que para o Brasil é sombrio, com desempregos, desespero até pela alimentação. Acredito que primeiro temos que cuidar da saúde e pediu para Deus nos livrar”, completou o treinador.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)