Saúde

Aumentam casos de zika e chikungunya em Lucas do Rio Verde

O levantamento realizado pela secretaria Estadual de Saúde entre os dias 1º de janeiro e 28 do último mês, apontou que houve aumento de 242% nos casas de chikungunya no município. Em todo ano passado, foram registrados 24 casos em Lucas, enquanto que em 2017, foram 7.

Em todo o Estado foram registradas oito mortes pela doença, sete em Cuiabá e outra em Várzea Grande, uma morte suspeita pela doença ainda está sob investigação na capital mato-grossense.

Outra doença que também teve aumento de 90% foi a zika, o último balanço mostrou 19 registros no ano passado contra 9 em 2017. Em todo o Estado não houve registro de morte pela doença.

Em contrapartida, os casos de dengue diminuíram quase 7% no município, o último balanço divulgado pela secretaria estadual de Saúde aponta que foram registrados 118 casos, contra 126, contabilizados nos 12 meses de 2017.

Em Mato Grosso, houve oito mortes decorrentes da doença. Foram registrados óbitos em Campo Verde, Nova Mutum, Poconé, Serra Nova Dourada. Outras duas estão sob investigação em Colniza.

Só Notícias/David Murba