Saúde

50% dos municípios do Nortão não alcançaram meta vacinal contra paralisia

Terminou na semana passada, a 2ª etapa da Campanha Nacional de Multivacinação contra Paralisia Infantil de Mato Grosso. No Norte do estado, apesar do período da campanha ter sido estendido em alguns municípios, 52,94% das cidades que compõem a área de abrangência do Escritório Regional de Saúde (ERS) em Sinop não atingiram a meta de 95% de cobertura vacinal.

Um total de 9 cidades, sendo Cláudia (78,04%), Feliz Natal (86,52%), Itaúba (90,44%), Marcelândia (59,57%), Nova Santa Helena (93,63%), Santa Carmem (84,25%), Tapurah (92,56%), União do Sul (67,65%) e Vera (68,98%).

Na 1ª etapa, realizada em julho deste ano, outros municípios também não alcançaram a meta vacinal, além de Cláudia (74,32%), Feliz Natal (82,73%), Marcelândia (62,41%), Nova Santa Helena (91,42%), União do Sul (66,54%), Vera (68,19%) e Santa Carmem (89,38%), foram Lucas do Rio Verde (92,9%), Nova Ubiratã (82,63%) e Sinop (90,37%). Itaúba e Tapurah alcançaram a meta vacinal da 1ª etapa, 95,35% e 95,87%, respectivamente.

Na 2ª etapa, Nova Ubiratã e Sinop ultrapassaram a meta de 100%, sendo 103,09% em Sinop e 106,58% em Nova Ubiratã. Os demais municípios também ultrapassaram os 100% da meta, sendo Nova Mutum (122,28%), Sorriso (103,72%), Ipiranga do Norte (137,89%), Itanhangá (114.11%) e Santa Rita do Trivelato (127,32%).

O total de crianças vacinadas no Nortão nesta segunda etapa foi de 32.660, ou seja, 96,44% das 33.867 crianças que deveriam ser imunizadas contra a paralisia infantil. Na 1ª etapa, 89,78% das crianças foram vacinadas. Um total de 30.405.