Ponto Final

‘Sangue brizolista’

O vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (sem partido), descartou o retorno ao PDT para concorrer à reeleição e reeditar a chapa vencedora em 2018 ao lado do governador Mauro Mendes. Pivetta deixou o partido no ano passado para apoiar a candidatura da Coronel Fernanda (Patriota) na eleição suplementar ao Senado e, desde então, está sem filiação partidária. Os rumores de que Pivetta poderia retornar ao PDT surgiram do presidente do partido, deputado estadual Allan Kardec, que é da base governista e que sonha em manter a sigla na vice-governadoria. O argumento do parlamentar seria o “sangue brizolista” que Pivetta afirma ter.

Só Notícias