Ponto Final

Muito desgaste para Aprosoja

As ordens do STF para bloquear as contas da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e da Aprosoja de Mato Grosso estão trazendo fortes desgastes para a entidade e boa parte dos seus dirigentes. A Procuradoria Geral da República investiga suposto uso ilegal de recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal para financiar as manifestações que ocorreram nesta 3ª feira, (dia 7), através das duas entidades.  “Seriam utilizados fundos compostos por recursos públicos (contribuições), os quais, segundo documento dos autos, não possuem uma maior transparência nem têm sido destinado para suas finalidades originárias, mas sim, como capital para o financiamento de agentes para a realização das condutas antidemocráticas acima descritas”, aponta a PGR. O bloqueio deve durar até esta quarta-feira.

Só Notícias