Ponto Final

ICMs

Blairo reuniu-e ontem com deputados e alguns prefeitos e fechou as alterações nos índices de repasses de ICMs para municípios. Uns ganha, outros perdem. Num primeiro momento, 14 cidades seriam prejudicadas, duas delas no Nortão: Marcelândia e União do Sul. Mas como a decisão foi tomada no início da noite, hoje secretários municipais passarão o dia fazendo contas para saber o que muda no repasse mensal do Estado para as prefeituras. A polêmica deve continuar.