Política

Wilson articula para 9º BEC permanecer em Cuiabá e Exército criar unidade de engenharia em Sinop

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é contrário a decisão do governo federal de mudar a sede do 9º BEC (Batalhão de Engenharia e Construção) do Exército, que há décadas está instalado em Cuiabá, para Sinop. Ele adiantou que pedirá “audiência com o general Júlio César Arruda, que é cuiabano e conhece nossa história. O BEC é um batalhão dos cuiabanos. Tem toda uma história, uma tradição, a ideia é que permaneça em Cuiabá e que o Exército crie uma nova unidade de engenharia em Sinop”, defendeu.

O parlamentar reforça que não é contrário a Sinop ou qualquer município receber unidades do Exército. “Sou a favor e entendo que está até atrasado. O Exército deveria ter uma unidade. Mas não concordo com a transferência do 9 BEC”, que é subordinado ao 3º Grupamento de Engenharia, sediado em Campo Grande (MS), e forma contingentes de reservistas e qualifica para o mercado de trabalho.

Conforme Só Notícias já informou, a portaria do Exército prevê que mudança definitiva para Sinop se consolidará em 2027 e “o Exército e o Brasil terão ganhos estratégicos e logísticos, uma vez que o 9º BEC é um batalhão histórico em Mato Grosso e participou da abertura e pavimentação de muitas estradas. Também terá ganho social e financeiro no município. A formação militar será levada aos jovens da região”.

O  nono BEC em Cuiabá é uma homenagem ao General José Vieira Couto de Magalhães, presidente da província de Mato Grosso e responsável pelas primeiras ideias de construção da rodovia  conhecida como BR-163. Subordinado ao Comando Militar do Oeste.

 

Só Notícias (foto: Só Notícias/ Guilherme Araújo/arquivo)