Política

Vera terá nova prefeitura com 1,4 mil m² e investimento de R$ 5,9 milhões

A prefeitura de Vera (90 quilômetros de Sinop) lançou concorrência pública para a construção do novo municipal, que ficará entre as avenidas Brasil e Otawa, com mais de 1,4 mil metros quadrados. A responsável pela obra será definida no dia 17 de dezembro, a partir das 8h, e o valor previsto de investimento é superior a R$ 5,9 milhões.

O paço terá arquitetura moderna, com fachada em pele de vidro temperado, jardim interno com 75 metros quadrados, pergolados revestidos em ACM, floreira, além das paredes que serão em alvenaria de blocos cerâmicos, em gesso acartonado. Partes do forro também serão em gesso e ACM, com telhas metálicas, e também galvanizadas termoacústicas.

A estrutura contará com gabinete do prefeito com 38 metros quadrados (mais 34 m² de área de recepção e um jardim), gabinete do vice-prefeito (16 m²), salas de reuniões (41,32 m²), de contador, de secretário de Governo, de secretário de Finanças, tesouraria, departamentos de contabilidade, jurídico, de licitações, procuradoria municipal, dentre outros.

Ainda haverá espaço para recepção de protocolos, recepção e sala de diretoria do VeraPrev, recepção e salas do controlador, do procurador municipal, de imprensa, de engenharia, espaço do departamento pessoal, salas de perícia (e para o chefe de departamento), dos conselhos, do T.I e servidor, de tributação, de fiscalização, e de compras.

Consta ainda que contará com sala do departamento de convênios, Junta Militar, almoxarifado, arquivo central, pátio de serviços, lavanderia, copa, áreas de circulação que interligam os órgãos, e um saguão com mais de 169 metros quadrados, dentre outros. Todo o material empregado deverá ser de “primeira qualidade”.

A empresa será responsável pela execução de toda a parte de instalações hidrossanitárias, elétrica, de climatização, reservatório, sistemas de prevenção e combate a incêndio e pânico, e de proteção contra descargas atmosféricas, bem como limpeza ao final dos trabalhos. O prazo para execução é de 300 dias (10 meses).

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: reprodução)