Política

TRE julga hoje recurso do prefeito cassado de Santa Carmem

O Tribunal Regional Eleitoral -TRE- julga hoje recurso do prefeito cassado de Santa Carmem, Rudimar Camassola (PSDB) em processo que foi considerado inelegível pela Justiça Eleitoral da Comarca de Sinop. No dia 18 de novembro do ano passado, Rudimar e o vereador Carlos Ribeiro (Sapão) foram condenados por captação de sufrágio (compra de votos), após a Justiça Eleitoral ouvir várias testemunhas, muitas delas pessoas que trabalharam na campanha e teriam feito boca de urna para os candidatos e teriam recebido dinheiro.

Na terça-feira haverá julgamento de outro recurso em processo em que Rudimar foi impedido de ser diplomado. A Justiça Eleitoral da Comarca de Sinop pede que seja feita nova eleição e o Ministério Público deu parecer concordando com a decisão do juiz Clovis de Mello.

A sessão do pleno do TRE está marcada para às 18:00hs. O relator do processo é o juiz Alexandre Elias.
Se o TRE mantiver a decisão da Justiça da Comarca de Sinop, Rudimar terá que recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral -TSE-. Enquanto isso, o presidente licenciado da câmara, Eloi Fellini, continuará como prefeito interino de Santa Carmem (35 km de Sinop), cargo que vem ocupando desde primeiro de janeiro. Só Notícias apurou que, se o TSE inocentar Rudimar Camassola, hoje, do processo de abuso de poder econômico ele não fica inelegível e terá que ser absolvido no processo na próxima terça-feira para assumir a prefeitura de Santa Carmem.