terça-feira, 28/maio/2024
PUBLICIDADE

TRE cassa diploma do prefeito e vice de Matupá

PUBLICIDADE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou, ontem à noite, em sessão plenária, o diploma do prefeito de Matupá, Fernando Zafonato (DEM), e da vice-prefeita, Liamar Barth (PMDB), acusados de compra de votos. O processo foi movido pelo Ministério Público Eleitoral. A decisão ainda cabe recurso. Mas, a partir da publicação do acórdão, se esta decisão for mantida, Zafonato e Liamar deverão ser afastado do cargo.

Em entrevista, ao Só Notícias, agora há pouco, Zafonato declarou que vai recorrer da decisão. Ele disse que seu advogado já está analisando o melhor caminho que deverá tomar para reverter a decisão. Segundo explicações do prefeito, a acusação de compra de votos foi baseada em suposições. O democrata disse que durante a campanha eleitoral em 2008 fez visitas a empresários da cidade pedindo votos e alguns integrantes do PT do município teriam feito a denúncia acreditando que ele estaria comprando o voto destas pessoas. “É uma acusação baseada em suposições. Não tem o menor cabimento”, disse.

O pedido de cassação do diploma do prefeito de Matupá foi pedido pelo diretório municipal do PT, comandado por Neemias Silvino dos Santos. Durante a campanha eleitoral daquele ano, para prefeito e vereadores, o partido já havia pedido a condenação de Zafonato e Liamar por compra de voto e abuso de poder econômico. Em primeira instância o justiça eleitoral não havia acatado o pedido.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Polícia Federal faz operação e investiga fraudes em licitação na Saúde em Cuiabá

A Polícia Federal deflagrou, esta manhã, a operação Miasma,...

Sinop: prefeito confirma retomada do programa Arranca Safra

As melhorias nas estradas vicinais, através do programa Arranca...

Prefeito inaugura dia 7 uma das maiores escolas em Nova Mutum

O prefeito de Nova Mutum, Leandro Felix, confirmou que...
PUBLICIDADE