Política

Sinop: Rosana confirma apoio a Roberto Dorner na eleição para prefeito

A prefeita Rosana Martinelli (PL) confirmou, há pouco, que vai apoiar o candidato a prefeito Roberto Dorner (Republicanos) nas eleições municipais assim como a maioria dos integrantes de seu grupo político e que os candidatos a vereador filiados ao partido terão a liberdade de escolher quem apoiar. “Foi uma decisão também partidária que assumiu a coligação do Dorner, junto com os demais que estão conosco na aliança, como o Cidadania, o PMD”, afirmou, em entrevista coletiva.

A decisão de recuar e desistir de tentar a reeleição, conforme Só Notícias informou com exclusividade, levou em consideração questões familiares. “Foi de cunho pessoal (definição), o PL abriu todas as condições, mas acreditamos num projeto muito maior para o município, por isso optamos em não ir. É uma decisão muito pessoal minha, que o partido entendeu e quero externar minha gratidão”, explicou, ao lado do senador Wellington Fagundes e de secretários municipais.

Ela negou que a ‘dificuldade’ para encontrar um vice tenha sido o motivo do recuo e pregou respeito a todos os candidatos a prefeitura. “A nossa decisão de vice foi discutida muito como em qualquer processo eleitoral. Tínhamos quatro possibilidades, mas não foi por conta disso, até mesmo porque podíamos estar lançando chapa pura no PL, já que temos valorosos guerreiros”. “Assim vamos seguir de forma muito respeitosa e focados em terminar o mandado com excelência. Vamos estar apoiando, com todas informações para o próximo prefeito, entregando um mandado com 93% (executados) de todo plano de governo”, garantiu.

A prefeita disse que seu principal objetivo é concluir sua gestão e por em prática a grande maioria dos compromissos firmados. “Estamos com a casa arrumada, vamos entregar a prefeitura para o próximo gestor com todas as secretarias com atividades em dia. Meu gesto é de grandeza pelo município para concluir meu mandato com dedicação total para finalizar obras e ainda tratamento de medidas necessárias para superar a pandemia”, disse, ao Só Notícias.

Já o senador Wellington Fagundes (PL) destacou que a decisão de recuo também está respaldada pelo partido. “Uma reeleição sempre é pessoal e íntima. Ontem cheguei entusiasmado, pois tínhamos pesquisas, sabíamos que a administração da Rosana era referência, conseguimos trazer recursos expressivos. Nós gostaríamos de ter a Rosana, pois tínhamos certeza que ganharíamos, mas foi uma decisão de foro íntimo. Quero aqui trazer nosso apoio pela sua decisão. É uma definição histórica, uma prefeita bem avaliada, com condições de ganhar a eleição recuar, mas tem nosso respaldo”, ponderou.

Antes das convenções, o deputado Juarez Costa, candidato a prefeito pelo MDB, buscou ter o apoio de Rosana para tentar o terceiro mandato. Ela foi vice dele na gestão passada e Juarez a apoiou em 2016 quando foi eleita. Rosana retribuiu apoiando-o na eleição para deputado federal. O relacionamento político de ambos teve fortes desgastes e a prefeita, após desistir de tentar a reeleição, decidiu não apoiá-lo. Com a definição de apoiar Dorner, Rosana sela o rompimento político com Juarez.

Só Notícias/Luan Cordeiro (fotos: Só Notícias/Guilherme Araújo - atualizada 20:47h)