Política

Sinop: prefeito quer em 15 dias plano para empresa refazer capa asfáltica em vias onde ficou mal feita

A secretaria de Obras  notificou a empresa responsável pela aplicação da lama asfáltica, em ruas e avenidas, registrando que em algumas delas a qualidade final do trabalho não ficou de boa, como previsto em contrato e, “em alguns trechos, é possível notar um descolamento entre a lama e o pavimento, em outras nota-se desagregação do material, causando um esfarelamento”.

A prefeitura encaminhou relatório técnico de engenharia requerendo da empresa a manifestação, por escrito, e apresentação do plano de recuperação para os trechos identificados, além de cobrar reparos “nos trechos que encontram-se com patologias e que interfiram na qualidade da restauração do pavimento, com a urgência que o caso requer, sendo que o prazo máximo é de 15 dias para comprovar o cumprimento do que se pede”.

A prefeitura acrescenta que a qualidade na aplicação de lama asfáltica também tem sido acompanhada pelo Ministério Público Estadual, que encaminhou ofício a administração destacando que foram identificados pontos no quadrilátero central, com falhas de resistência e aderência na lama asfáltica, onde há tráfego constante.

O contrato para a prestação dos serviços, feitos recentemente, foi firmado ano passado, na gestão de Rosana Martinelli. O valor não foi informado.

Em agosto, Só Notícias apontou a falha de qualidade no serviços de recuperação da capa asfáltica em diversas vias. Após a reportagem, em algumas o serviço foi refeito. Porém, em outras avenidas e ruas não ocorreu. Em alguns trechos também foi constatado que as barreiras colocadas para evitar que carros e motos passassem não tiveram ‘bloqueio total’ e alguns acabaram trafegando antes da retirada dos cavaletes.

Só Notícias (fotos: Só Notícias)