Geral

Sinop: capa asfáltica feita recentemente ‘esfarela’ em algumas ruas e empresa promete resolver

O trabalho de implantação de nova capa asfáltica em algumas ruas e avenidas no ‘quadrilátero central’ da cidade não está bem feito. Com menos de 30 dias que foi ‘aplicada’, em algumas vias, as falhas passaram a ser visíveis. O produto não teve resistência e aderência em trechos de determinadas ruas onde há constante tráfego. Um dos exemplos é na rua das Primaveras nas esquinas com Embaúbas e rua das Caviúnas. Em alguns metros, é possível constatar que foi aplicada uma fina camada de produtos que teve fraca durabilidade. Em outras avenidas e ruas o problema se repete.

No período em que a empresa fez a ‘nova capa’ não houve chuvas. As vias foram interditadas com cavaletes para as equipes trabalharem. Foi aplicada a camada e operários concluíram, manualmente, o ‘acabamento’. A projeção é que aproximadamente 400 mil metros quadrados de lama asfáltica já foram espalhadas. 

Em alguns locais no centro, mesmo com cavaletes impedindo tráfego, houve alguns poucos motoristas e motociclistas que desrespeitaram a sinalização e passaram.

Procurada ontem à tarde, por Só Notícias, a empresa responsável (sediada em Cuiabá) informou que, para a boa qualidade dos trabalhos, não pode haver tráfego no local e muitas vezes os motoristas acabam passando por onde houve a revitalização. O tempo de “cura” para que passagem seja liberada é em torno de três horas.  A empresa ainda informou que enviará equipe aos locais onde houve imperfeições para fiscalização e conserto. Esta manhã, na rua das Primaveras, por exemplo, começaram a ser feitos reparos onde a capa ‘esfarelou’

O ‘bloqueio’ no tráfego também ficou sob responsabilidade da empresa que instalou e retirou os cavaletes que impediam passagem de carros e caminhões.

A prefeitura informou que foram contratados, para a empresa terceirizada, de 428.3 mil M² de aplicação da lama asfáltica e, até o momento, já foram executados 399,6 mil M². “Sobre as correções, a secretaria de Obras, em vistoria após aplicação, já contatou a empresa responsável, para que possa fazer as devidas correções nos locais. A empresa justificou que em alguns pontos isolados, a lama asfáltica pode ter apresentado defeitos devido a passagem de veículos, antes da conclusão do período de cura, necessário para a sedimentação do material”.

Ainda de acordo com a prefeitura, “a empresa também informou que executará os reparos nos locais indicados nessa semana. Vale ressaltar que todo e qualquer trecho que apresentou alguma falha ou desconformidade com a qualidade contratada, assim que identificado pela fiscalização, será feita comunicação com a empresa para que possa incluir na programação de reparos, pagos exclusivamente pela empresa contratada, não gerando custo extra para o município”.

 

 

Redação Só Notícias (fotos: Só Notícias - atualizada 08:46h)