domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

Silval articula para Dilma ficar só em seu palanque

PUBLICIDADE

O governador Silval Barbosa (PMDB) deu um passo essencial para consolidar sua candidatura e se tornar referência em relação a um dos seus opositores, o empresário Mauro Mendes (PSB), que através de um movimento intitulado “Mato Grosso Muito Mais”, para dar conotação de suprapartidário, abriga em seu palanque mais de uma candidatura presidencial. Só que nas convenções do PMDB no sábado e do PT ontem, quando ficou confirmada a chapa Dilma – Temer, praticamente se definiu que a presidenciável não subirá no palanque do PSB em Mato Grosso, apenas no palanque que reúne o PMDB de Silval, o PT de Abicalil e o PR de Blairo Maggi, estes dois últimos candidatos as duas vagas para o Senado.

No melhor estilo político criado nas eleições deste ano, formou-se na convenção peemedebista onde Silval Barbosa esteve presente e discursou fato que dará um plus a mais na campanha a reeleição, já que é público e notório a importância para Estados como Mato Grosso ter apoio incondicional do Governo Federal, bastando para isso ver os dois mandatos de Blairo Maggi (2003/2006) sem vinculação com o governo do presidente Lula (PT) e na reeleição (2007/2010) mais do que aliado, se tornando um dos principais conselheiros do presidente e um misto de líder empresarial com respaldo político ao ponto de ter sido sondado para ocupar ministérios.

A unidade política entre o Governo Federal e os Governos Estaduais e Municipais sempre foram “mais prósperos” com um relacionamento próximo dos gestores. Não que na atualidade, seja possível se realizar uma administração que vete determinada gestão por causa das cores partidárias, mas com certeza um aliado é mais bem visto e tem mais condições de fazer com que as coisas andem de forma mais célere na burocracia do Poder Público.

“Vamos construir uma continuidade. Por que mudar o que está dando certo. Mato Grosso nunca experimentou um ritmo de desenvolvimento como o vivido nos últimos sete anos e seis meses e esperamos e acreditamos que isto vá continuar”, disse Silval apontando que Mato Grosso vai trabalhar para que a União reconheça e invista cada vez mais. “Quanto mais aqui crescer, mais o Brasil se consolidará por aqui está a geração de riquezas de nossa nação”, disparou.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE