Política

Secretário Obras de Alta Floresta considera criticas de vereadores como ‘sugestões’

As críticas têm comuns durante as realizações das sessões ordinárias. E elas vêm de todos os lados, até mesmo da própria base de sustentação da prefeita Maria Izaura. Com a presença do secretário de Obras, Cleomar Barbosa presente a sessão ordinária ontem, elas mudaram um pouco de tom. Mas continuaram sendo críticas.

Lau da Rodoviária agradeceu a presença do secretário, parabenizando pelo trabalho que a secretaria de Obras realizou no Jardim das Araras.

Elisa Gomes Machado falou de algumas situações envolvendo poda de árvores, existência de poças da água formada por causa de buracos e até a situação das ruas do São Jose Operário.

Doglas Arisi falou que, tanto a área urbana quanto a rural estão carecendo de uma atenção especial pela secretaria. Além disso, o matagal nas esquinas pode provocar acidentes de trânsito.

Bernardo Patrício também elogiou o empenho de Barbosa em dar resposta a vários questionamentos feitos pelos vereadores, bem como a indicações que são encaminhadas à sua secretaria.

O secretário ouviu atentamente cada pedido e disse que as críticas podem ser consideradas como sugestões de trabalho. Cleomar disse ter encarado as cobranças com normalidade, até “porque o vereador é o fiscal do povo e vai cobrar do Executivo o que o povo necessita. Eu acho que isso está dentro da normalidade”, avalia.

Barbosa disse que existe um cronograma de trabalho para o município e que ele vem sendo realizado. A grande dificuldade é que o equipamento está bem desgastado, o que demanda em um tempo além do normal para a execução de alguns trabalhos.