Política

PT divulga nota e pede desculpas por caixa 2 e mensalão

A Executiva Nacional do PT divulgou hoje (17) um pedido de desculpas à nação. “O partido faz o seu primeiro pedido de desculpas à nação, pois os atos que nos comprometem moral e politicamente, perante os brasileiros, foram cometidos por dirigentes do PT, sem o conhecimento de suas instâncias”, diz o comunicado.

Na nota, o PT afirma que, quando houver um quadro de todos os envolvidos em atos irregulares, como os já assumidos pelo ex-tesoureiro Delúbio Soares, eles serão divulgados à sociedade.

A Executiva afirma também que esses atos constrangeram o PT e o governo “Estamos recompondo nossa vida interna, reorganizando as nossas estruturas administrativas e procurando responder à crise política para defender a continuidade com normalidade do governo Lula”, informa. “É impossível avaliar a profundidade e a gravidade dos danos.”

A nota manifesta ainda confiança e disposição na defesa do mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. E reconhece a necessidade de respeitar mais a pluralidade da legenda, além de promover o fim de relacionamentos informais entre governo e partido que, de acordo com o comunicado, não são transparentes “e só favorecem a manipulação das instâncias partidárias por dirigentes com mais acesso ao poder”.

A Executiva Nacional orienta todos os diretórios municipais para que eles façam debates e manifestações em defesa do PT e do governo Lula no dia 27 de agosto. Está marcada para o dia 3 de setembro uma reunião extraordinária do Diretório Nacional do partido em São Paulo.