Política

Prefeitura notifica empresa para iniciar obras de asfaltamento em bairro de Sinop

A prefeitura de Sinop publicou, hoje, no Diário Oficial do Estado (DOE) a notificação para que uma empresa de Cuiabá execute em até cinco dias o contrato firmado para execução de projeto integrado de pavimentação asfáltica, drenagem de águas pluviais, sinalização viária e passeio público com acessibilidade parcial do bairro Alto da Glória.

Consta no extrato do documento que em vistoria técnica “in loco” que não foram encontradas movimentações da empresa, entendendo que a execução não foi inicializada, conforme relatório. Agora, a construtora deverá iniciar a execução  imediatamente, bem como apresentar o cronograma de reprogramação da obra. Caso isso não ocorra poderá ter penalidades.

As obras fazem parte do projeto de R$ 99 milhões para obras de asfalto em várias ruas e bairros da cidade que foram aprovados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Para o bairro Alto da Glória estão previsto R$ 12, 3 milhões.

Conforme Só Notícias já infirmou, esta manhã, foram lançadas as obras de drenagem de águas pluviais em um trecho de mais de 12 mil metros da estrada Jacinta, nas proximidades da paróquia São Cristóvão. As obras vão beneficiar diretamente ao menos 20 mil moradores dos bairros o Maripá, Lisboa, Paulista, São Cristóvão, Pequena Londres, Ibirapuera, além de outros 20 indiretamente. Para essa etapa, são mais de R$ 2,5 milhões em investimentos pela prefeitura.

A prefeita Rosana Martinell disse que a obra é esperada há mais de 35 anos pelos moradores. “Nós estamos lançando a parte da drenagem que já começou. É uma parceria que deu certo, com recursos da câmara, empresários locais e da prefeitura que estará fazendo um aporte. Além da emenda do ex-deputado federal, Nilson Leitão. Estamos felizes por estar lançando o maior pacote de obras de infraestrutura de Sinop. Estamos vencendo os processos que são as partes burocráticas. É uma obra que beneficiará centenas de moradores e empresários, além de contemplar mais de 20 bairros. Quando chove, o volume de água é muito grande. Por isso, agora esse problema será resolvido”, afirmou Martinelli.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/Diego Oliveira)