Política

Prefeitura de Lucas repassará R$ 10 milhões para hospital devido ao aumento nos atendimentos de pacientes com Covid

A prefeitura de Lucas do Rio Verde irá destinar à Fundação Luverdense de Saúde R$ 10 milhões para garantir o funcionamento do Hospital São Lucas e dar assistência de qualidade aos munícipes que precisam de atendimento hospitalar. O auxílio financeiro, será dividido em cinco parcelas de R$ 2 milhões, será para custear despesas gerais ocasionadas pela pandemia Coronavírus, que gerou um aumento excessivo de demandas hospitalares para atendimentos de pacientes com Covid.

No ano passado, mesmo com a crise global causada pela pandemia, a unidade médica manteve os atendimentos de urgência e emergência, bem como atendimento das demandas clínicas e cirúrgicas, tanto de enfermaria quanto de UTI. Mas, o período vivenciado provocou a queda de arrecadação na instituição, que concentrava grande percentual de receitas no centro cirúrgico.

Com o aumento significativo da necessidade de oxigênio e medicação para os pacientes com Covid, uma das alas do hospital precisou ser direcionada de forma exclusiva. E, devido ao cancelamento ou adiamento de diversos procedimentos, a receita do hospital diminuiu cerca de 40%, considerando ainda a redução de 32% no número de procedimentos gerais e ocupação menor que 55% nos convênios. Além disso, com o alto custo fixo dos procedimentos atuais e a suspensão de cirurgias eletivas e outros atendimentos, a instituição projeta uma queda de até 60% da receita.

Por conta disso, a gestão atendeu à solicitação da Fundação Luverdense de Saúde e enviou para a câmara de vereadores o projeto de aporte financeiro, aprovado pelos vereadores na última segunda-feira, considerando o princípio da universalidade do Sistema Único de Saúde (SUS).

A prefeitura também mantém contrato de gestão com a Fundação Luverdense de Saúde para compra de serviços médico-hospitalares.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)