Política

Prefeitura de Alta Floresta continua no CADIN, diz Izaura

A exclusão da Prefeitura de Alta Floresta do Cadastro de Inadimplentes – Cadin – do Governo Federal conforme anunciou a Procuradoria Jurídica do município ainda não aconteceu. Pelo menos foi isso que informou a prefeita de Alta Floresta, Maria Izaura, em entrevista à imprensa. Ela esteve em Cuiabá definindo uma série de convênios que estavam sendo impedidos de serem formalizados por causa da inadimplência da prefeitura.

“Eu gostaria de deixar claro que ainda não saímos do Cadin. A nível federal ainda não estamos liberados, temos algumas ações lá no Cadastro de Inadimplentes. Estamos assinando os convênios apenas a nível estadual”, informou.

Entre os convênios assinados com o Governo Federal estão o do transporte escolar, que vai render o repasse anual de 300 mil reais, do muro da escola Ludovico da Riva, do Fescaf e de programas da Secretaria Municipal de Ação Social. Ao todo são sete convênios, girando em torno de aproximadamente 500 mil reais. Outros dois convênios deverão ser acertados em outra viagem da prefeita à capital do estado.

Em relação ao transporte escolar, Maria Izaura ainda sonha em ampliar a participação do estado na manutenção desse serviço. Na próxima semana ela viaja à Cuiabá. “Para revisão desse valor. Sabemos que esse valor é muito pouco”, reconhece.