Política

Prefeito determina “toque de recolher” em cidade do Médio Norte para conter Coronavírus

O prefeito Eduardo Capistrano (PDT) determinou o fechamento do comércio, toque de recolher e barreira nas entradas em Diamantino (184 quilômetros ao Médio Norte de Cuiabá) como forma de prevenção contra o Coronavírus (Covid-19). A determinação é temporária e deve ser mantida até o dia 5 do próximo mês.

Consta no documento que a restrição atinge apenas os atendimentos presenciais do comércio. No entanto, as lojas poderão continuar vendendo seus produtos através do telefone, online e delivery. Poderão continuara funcionando em Diamantino, os supermercados, mercados, mercearias, açougue, padarias, sendo vedado, em qualquer caso, o consumo dentro do estabelecimento. Também será permito funcionar os postos de combustível, respeitando o horário, além de farmácias.

Já o ‘toque de recolher’ ocorrerá das 20h às 5h do dia seguinte para confinamento domiciliar obrigatório em todo território do município de Diamantino, ficando terminantemente proibida a circulação de pessoas, exceto em caráter excepcional e inadiável e diante de comprovação da necessidade ou urgência. Para serviço de entrega (delivery) o toque de recolher será das 22h às 5h do dia seguinte.

“As medidas restritivas são cada vez mais necessárias ante o quadro de evolução dos números de casos confirmados no Brasil e no Estado de Mato Grosso (cinco em Cuiabá e um em Várzea Grande). Além dos cuidados de higiene como lavar as mãos, permanecer em casa, evitar aglomerações e circulação nas ruas. Precisamos fazer um trabalho conjunto com a sociedade para enfrentar esta situação. Estamos confiantes de que, se todos fizerem a sua parte, será possível minimizar os impactos causados pela doença”, afirmou Capistrano através da assessoria.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)