Política

Prefeito de Guarantã do Norte diz que maioria das empresas segue medidas de prevenção ao Covid-19

O prefeito de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), Érico Stevan Gonçalves revelou, em entrevista, ao Só Notícias, que praticamente todas os estabelecimentos comerciais de Guarantã do Norte apresentaram plano de contingenciamento seguindo as regras de prevenção ao Covid-19 e de higiene. Deve ser mantida distância mínima de 2 metros entre os pontos de trabalho, as empresas devem limitar o número de pessoas aguardando atendimento a fim de evitar aglomeração, disponibilizar na entrada da empresa e em outros lugares estratégicos de fácil acesso, álcool em gel ou outro produto indicado pela OMS para utilização de funcionários e clientes, dentre outras. O decreto limitando o funcionamento de diversos segmentos do comércio terminou ontem (5).

“Fomos um dos primeiros municípios a abrir o comércio e já fizemos o plano de contingenciamento, onde os empresários entenderam juntamente com a Associação Comercial. Somente bares, academias e igrejas estão proibidos de abrirem. O restante abriu, mas com apresentação de desse plano. Em Guarantã isso está funcionado bem”.

De acordo com o último boletim divulgado pela secretaria municipal de Saúde, em Gurantã do Norte 15 casos suspeitos de Coronavírus foram notificados, 9 estão sendo investigados e seis já foram descartados. No município, não há confirmação da doença.

Erico admitiu que que ficou bastante apreensivo com a morte do paciente, de 57 anos, em Lucas do Rio Verde, na última sexta-feira, e com a confirmação dos três casos de Coronavírus em Sinop – secretário Kristian Barros, secretário adjunto e uma enfermeira. “Sempre ficamos apreensivos com essas notícias. Sabemos que é grave, mas em Guarantã ainda estamos moderando o fechamento do comércio. Tem que trabalhar e gerar renda. No entanto, com essas confirmações ficaremos na retaguarda. Temos que aguardar”, disse Gonçalves.

Redação Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)