Política

Prefeito confirma distribuição de 6 mil kits de merenda aos alunos da rede municipal em Nova Mutum

O prefeito de Nova Mutum Adriano Pivetta confirmou que prefeitura distribuirá 6 mil kits de cestas básicas de merenda escolar para todos os alunos matriculados na rede municipal de ensino, ontem. Cada um terá 12 itens de alimentos incluindo pacote de achocolatado, açúcar, arroz, biscoito, trigo, feijão, fubá de milho, macarrão, óleo de soja e mais 2 itens da agricultura familiar.

“Já queríamos ter feito essa ação ainda em abril, mas como estávamos correndo contra o tempo, e atuamos sempre visando a transparência e a legalidade atendemos inicialmente nossas crianças e famílias cadastradas no programa Bolsa Família. Agora atenderemos todos os alunos matriculados na rede municipal, e persistindo o adiamento da volta das aulas, iremos renovar a entrega nos mês seguinte”, ressaltou Pivetta, através da assessoria.

No mês passado, a prefeitura fez a entrega da primeira remessa de kits de merenda escolar para 1,7 mil  alunos matriculados na rede municipal. O critério utilizado, conforme determina a Lei foi o atendimento prioritário aos alunos cadastrados no Cadastro Único da Assistência Social, ativos no Programa Bolsa Família.

A secretária Municipal de Educação e Cultura, Elena Maria Maass Lima disse que por conta do prolongamento do período sem atividades escolares o plano de atendimento foi ampliado . “Já estamos com as aulas paralisadas há cerca de 60 dias, sabemos do impacto que isso causa junto as famílias. Esta é uma determinação do nosso prefeito Adriano e do vice-prefeito Leandro. Eles compreendem a importância dessa ação e o auxílio que ela irá prestar as famílias”, aponta.

Para evitar aglomerações durante a distribuição dos kits, os atendimentos serão feitos por horários agendados pelas unidades escolares. Os kits serão entregues a partir do dia 28 de maio, sendo que nos dias 28, 29 de maio e 01 de junho, serão atendidos exclusivamente os alunos das creches e partir do dia 02 de junho as demais escolas. Também seguindo o protocolo de agenda de cada unidade.

Elena comenta também que nos casos em que a família tem mais de um aluno matriculado e esses estudem em escolas diferentes, a entrega será feita apenas em uma unidade educacional. “Adotamos esse critério para acelerar as entregas e dessa forma evitar aglomerações”.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)