Política

Prefeito autoriza dois reajustes e conta de água fica 12,1% mais cara em Alta Floresta

O prefeito Valdemar Gamba autorizou dois reajustes nas tarifas de água e esgoto em Alta Floresta. O primeiro, de 10%, é referente ao ano passado e passa a valer a partir do próximo dia 24. O segundo é referente a 2021, será de 2,19% e passará a ser aplicado nas tarifas pela concessionária de água e esgoto a partir do dia 1º de setembro.

No decreto, Gamba citou que a legislação e a regulamentação vigentes preveem um processo de reajuste com periodicidade anual. Ele também destacou, em relação ao aumento do ano passado, que havia um indicativo de reajuste de 7,59%, mas que acabou não sendo aplicado pela gestão anterior.

Com o reajuste, o menor valor de metro cúbico da tarifa de água subirá para R$ 2,88, em junho, e R$ 2,95, em setembro. O maior valor do metro cúbico residencial, para aqueles que consomem mais de 40 metros cúbicos por mês, subirá para R$ 15,26, no primeiro aumento, e R$ 15,64, no segundo.

A partir do segundo reajuste, as tarifas pelo metro cúbico para empresas variarão de R$ 6,79 a R$ 10,33. Indústrias pagarão valores entre R$ 7,97 e R$ 11,80. Já o setor público terá faixa de R$ 7,38.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: arquivo/assessoria)