Política

Prefeita de Sinop anuncia multa para comerciantes que desrespeitarem medidas de combate ao Coronavírus

A prefeita Rosana Martinelli, anunciou, há pouco, pela internet, que vai haver multas, de R$ 80 por pessoa, para os comerciantes que não estão respeitando as medidas estabelecidas para enfrentamento a pandemia do novo coronavírus e estão indo na contramão das medidas de segurança. Vários empresários já foram notificados quando a obrigatoriedade de cumprir as orientações, como uso das máscaras, para evitar a propagação do vírus. “As forças de segurança fizeram notificações, mas a partir desse momento, será multada e reincidência haverá processo de cassação de alvará. É um decreto do nosso governador, temos que seguir, vamos tomar a partir de hoje, medidas mais severas para aquelas pessoas que não estiverem usando as máscaras. Estamos fazendo esforço muito grande para passar o período da melhor maneira possível”, disse a prefeita.

“Estamos trabalhando para uma Sinop produtiva e com saúde. Nenhuma das nossas decisões tomamos de forma isolada, todas pensadas e amparadas. Desde março, quando a pandemia chegou em Sinop, tomamos decisões pensando na saúde, mas também na saúde financeira do povo trabalhador. Para que isso continue, precisamos da colaboração. Precisamos ficar vigilantes, intensificar o uso das máscaras, é um decreto do governo do estado. Se não seguirmos temos que tomar atitudes mais drásticas como o fechamento do comércio, o que não podemos permitir”, emendou a prefeita.

O coronel e comandante regional da Polícia Militar Wesney de Castro Sodré alertou que “este é um momento muito delicado. Temos que adotar as medidas preventivas para evitar saturação do setor da saúde. Estamos mantendo nossas equipes visitando os comércios, já estabelecemos mais de 70 notificações em estabelecimentos  com pessoas sem máscaras.  A partir desse momento, será aplicado multa nos estabelecimentos que forem flagrados descobrindo as normas. Paralelamente, o comércio tem dificuldades. Tem que exigir o distanciamento mínimo, isso também será cobrado, tudo no objetivo de não tomar uma medida mais drástica. Precisamos da colaboração de todas.  Todo o cidadão em via pública também tem que fazer a utilização das máscaras. Estamos reforçando e pedindo a colaboração”.

Ontem, mais duas pessoas contraíram a doença nas últimas 24 horas. Até quinta-feira havia 32 casos, desde o início da pandemia, e agora são 34. A secretaria municipal de Saúde informa que duas pessoas estão em UTI (na 5ª feira havia 3) e a terceira está em enfermaria da ala Covid-19 do hospital regional, em leito semi-intensivo, no aguardo de vaga para Unidade de Terapia Intensiva. Dez pessoas estão em isolamento domiciliar. O número de pacientes curados é 19.

De acordo com o relatório epidemiológico, três amostras permanecem em análise aguardando resultado e outras seis foram descartadas por não se enquadrarem no padrão laboratorial de análise, informa a assessoria.

Em instantes, mais detalhes

 

Só Notícias/David Murba (foto: Ademir Specht/assessoria)