domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

PM"s excluídos de corporação em MT são perdoados por governo

PUBLICIDADE

Policiais militares de Mato Grosso e de outros Estados que participaram de mobilizações por reinvidicações salariais e melhores condições de trabalho entre os anos de 2002 e 2008 e que haviam, por isso, sido excluídos das suas respectivas corporações terão que ser readmitidos e voltar aos quadros da PM.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou ontem a lei que anistia os policiais acusados de participar de movimentos de paralisação. Conforme o estatuto da PM, os policiais são proibido de fazer greve ou qualquer outro tipo de mobilização. Com a anistia, cerca de 80 policiais serão reitegradas à PM de Mato Grosso. A anistia vale tanto para os que já foram excluídos, como para aqueles que ainda respondem a processo por acusação de envolvimento nos movimentos de greve.

Em Mato Grosso, os policiais foram excluídos acusados de participar de uma greve ocorrida em 2008. De lá para cá, tanto a Associação dos Sub-tenentes e Sargentos, como a Associação das Mulheres da Família Miliciana de Rondonópolis e de Barra do Garças fizeram várias articulações para garantir que os policiais afastados pudessem retornar às atividades.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE