Política

Ministro nega, pela assessoria, saída do governo

A assessoria de imprensa da Casa Civil negou hoje que o ministro José Dirceu tenha pedido sua demissão ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Diante de novos rumores sobre a demissão do ministro, reforçados principalmente pelo depoimento do presidente do PTB, deputado Roberto Jefferson, no Conselho de Ética da Câmara, a assessoria de Dirceu disse que ele continua trabalhando normalmente.

O ministro participa na tarde de hoje de reunião da junta de execução orçamentária, da qual participa também o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os ministros da Fazenda, Antonio Palocci e do Planejamento, Paulo Bernardo.

Durante seu depoimento, Jefferson voltou a sugerir o afastamento de Dirceu do governo por suposto envolvimento no esquema de pagamento de mesada a parlamentares da base aliada. Segundo o deputado, a permanência do ministro no cargo transformaria Lula em réu.

A idéia de antecipar uma reforma ministerial ganhou força no governo no último final de semana. A pretexto de tirar os ministros candidatos às próximas eleições, Lula afastaria auxiliares que passaram a ser inconvenientes.